Deputado aciona a Procuradoria Geral da República contra filme que apresenta Jesus como gay

O deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) apresentou um ofício a Augusto Aras contra o especial de Natal do Porta dos Fundos na Netflix.

Ele pede que seja proibida a veiculação do filme, que apresenta Jesus Cristo como gay.

Segundo o parlamentar, o conteúdo é ilegal por violar o artigo 208 do Código Penal: “Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso.”.

“Porta dos Fundos, por sua vez, viola toda a legislação pertinente ao perverter o sentido da consciência cristã, da fé e da crença religiosa. Parecendo contar com a impunidade. A fé cristã foi ultrajada pelo Porta dos Fundos e Netflix em nível jamais imaginável. O recurso da TV a cabo e a dinâmica do canal Netflix ampliam a propagação do escárnio criminoso.”

Ao ir ao banheiro, homem puxa verme de 10 metros de dentro dele

O tailandês Kritsada Ratprachoom teve uma experiência extremamente desagradável ao usar o banheiro. O homem de 44 anos levou um susto ao perceber que, após defecar, algo continuava “ali”. Ao puxar o que parecia ser um fio, acabou tirando de dentro dele um verme de aproximadamente 10 metros de comprimento.

“Tinha acabado de deixar meu filho na escola e fiz algumas tarefas, quando tive que ir ao banheiro”, explicou Ratprachoom ao jornal britânico Metro UK. “Depois, senti como se não tivesse terminado de defecar, como se algo tivesse sobrado. Então me levantei para ver o que era. Acontece que havia algo saindo de mim”, completou.
O fotógrafo freelancer pensou, inicialmente, que poderia ser algum fio cirúrgico de uma apendicectomia que havia feito na semana anterior. Mas ao começar a puxar, viu que era algo muito maior. Ao mostrar o ser para a namorada, que é auxiliar de enfermagem, veio o veredito: tratava-se de uma tênia.

Parasitas no intestino

As tênias são um tipo de parasita que vive nos intestinos de certos animais, que costumam ser infectados ao ter contato com água suja em pastos. Já nos humanos, a fonte de contaminação mais comum é por meio do consumo de  carne mal cozida.
Esse tipo de parasita não causa muitos problemas de saúde. Mas deixa a pessoa infectada com mal estar, desde diarréia e dores de barriga até perda de peso e vômito. Se os vermes migrarem para outras partes do corpo, como cérebro e fígado, podem causar sérios danos.

Propina no Detran de Minas: delegados e policiais embolsam mais de R$ 19 milhões

Mais de R$ 19 milhões foram desviados em propinas por organização criminosa composta por delegados, policiais civis e militares, despachantes, comerciantes e donos de pátios de apreensão de veículos em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Minas Gerais (RMBH).

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciou nesta quinta-feira (12/12) 16 pessoas que participavam das irregularidades envolvendo o Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG). Foram recolhidos mais de R$ 840 mil pela força-tarefa, a maior apreensão feita neste ano pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

O esquema é antigo e foram identificados crimes cometidos pelo menos desde 2011. A investigação apontou que a organização atuava em praticamente todos os serviços do Detran em Santa Luzia: liberação e transferências de veículos, realização de vistoria e leilões e contava até com a participação de policiais nos lucros de pátios de apreensão do município, licenciados ilicitamente.

Junta Comercial do Pará registra abertura de 58 mil novas empresas em 2019

Foto: Bruno Cecim / Ag.Pará

A Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa) aponta franca recuperação da economia paraense. A prova deste crescimento está nos números levantados pela autarquia que registrou, no período de 1º de janeiro a 30 de novembro de 2019, 58,181 mil novas empresas abertas no Pará. Um crescimento de 29,36 % em comparação a mesma data em 2018, que contou com 44,976 empresas abertas. O balanço aponta que a maioria das novas constituições, mais precisamente 46.380 registros, são de Microempreendedor individual (MEI), regularizados em 2019, contra 33,837 em 2018

Foto: Bruno Cecim / Ag.Pará

Segundo os dados os cinco setores de maior evidencia é o varejista de artigos do vestuário e acessórios, que no período de janeiro a novembro deste ano, contabilizou 8. 390 novas empresas, em segundo lugar estão cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal, com 6.615 e em terceiro lugar bebida com 5.006, seguido de artigos para armarinhos com 4.583 e mercadorias em geral com predominância de produtos alimentícios de 4,221 novas empresas no Pará. Em 2018, esses números respectivamente, ficaram em 6,918, 3,644, 4,417, 4,084 e 3,532.

Para a presidente da Junta Comercial, Cilene Sabino, a desburocratização do processo mercantil reflete positivamente no número crescente de abertura de novas empresas no Estado.

“A Junta tem avançado no processo de modernização dos seus serviços o que está dando mais agilidade e segurança ao registro mercantil, reduzindo o número de empresas que trabalham na informalidade”, ressalta a presidente Cilene Sabino.

‘Estou vivo!’, comemora Agnaldo Timóteo após ficar meses internado devido a AVC

Reprodução

Agnaldo Timóteo comemorou o fato de estar vivo durante o programa Conversa com Bial nesta terça-feira, 10. Em maio, o cantor foi internado em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barreiras, no interior da Bahia, com pressão alta de sofreu AVC. Uma semana depois, o quadro de saúde dele piorou e chegou a respirar com ajuda de aparelhos.

“Eu estava morto. Tanto que o jornal botou: ‘Morre Agnaldo Timóteo’. Mentira! Eu tô vivo, seu canalha!”, disse o cantor durante bate-papo com Pedro Bial. Após ficar um tempo na UTI e apresentar episódios de confusão mental, Agnaldo Timóteo ainda recupera os movimentos das pernas. Para isso, realiza sessões de fisioterapia.

“Você sabe que as pessoas que entendem Agnaldo Timóteo, que gostam de Agnaldo Timóteo, rezaram muito por mim e Deus me atendeu. E eu estou vivo!”, comemorou. Agnaldo Timóteo é conhecido pelos sucessos românticos e gravou 74 discos. Durante o programa, recebeu o carinho dos fãs, que gravaram vídeos em sua homenagem.

Almoço de confraternização dos funcionários do cartório de Xinguara

Com a presença do casal Dr. Adhemar Pereira Torres e Dra. Yolanda Ohashi Torres, oficiais do Cartório do Único Ofício de Xinguara, foi realizando ao meio dia desta quarta-feira (11/12), o almoço de confraternização de fim de ano dos funcionários do cartório, que transformaram o ambiente festivo em um momento de alegria e integração familiar.

Como é de praxe acontecer, Dr. Adhemar ressaltou a importância de cada um dos servidores do cartório na desafiadora luta de transformar a instituição em um local cada dia mais preparado para atender e servir à população.

“Esse momento é mais que uma confraternização de final de ano, é um almoço em família, já que consideramos vocês nossos colaboradores e parceiros, que ano a ano vem lutando e se preparando para chegar ao que é hoje, uma equipe vencedora e vitoriosa, por isso, à vocês, os nossos mais sinceros agradecimentos e reconhecimentos pelo o ótimo atendimento que proporcionaram aos nossos clientes e amigos durante todo esse ano”, disse Dr. Adhemar.

Como forma de se aproximar cada vez mais dos funcionários e lembrá-los de como seus trabalhos foram importantes para a empresa, a Dra. Yolanda, anfitriã da festa, fez questão de presentear cada um dos colaboradores com uma lembrança, para que todos se sentissem valorizados neste momento especial de fim de ano.

Policial Sílvio André e AABB realizam Natal Sem Fome

Imagem de arquivo

O Natal Sem Fome será realizado nesta quinta e sexta-feiras pelo policial civil Silvio André e amigos da AABB, com um torneio de futebol, onde os atletas farão doação de cestas básicas para posteriormente serrem distribuídas a famílias carentes de Xinguara tos ilvio policial civil e amigos.

No final das competições futebolísticas, os amigos se reunirão e confraternização  para saudar o sucesso do evento, que já dura 14 anos, sendo que na AABB este será o sexto ano consecutivo que a competição é realizada.

“O intuito deste evento é promover um Natal um pouco mais digno as pessoas carentes,pois doar é um ato de amor”, explicou o policial Sílvio.

Nova fase da Lava Jato mira negócios de filho de Lula

Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira, 10, a 69ª fase da Operação Lava Jato. De acordo com o Ministério Público Federal, o objetivo é aprofundar as investigações sobre repasses financeiros suspeitos, realizados por empresas do grupo Oi/Telemar em favor de empresas do grupo Gamecorp/Gol, controladas por Fábio Luis Lula da Silva (filho do ex-presidente Lula), Fernando Bittar, Kalil Bittar e Jonas Suassuna.

São cumpridos 47 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e no Distrito Federal — não há ordens de prisão. A ação é um desdobramento da 24ª fase da Lava Jato, a Aletheia, em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi alvo de uma condução coercitiva em março de 2016 para prestar depoimento.

Os negócios de Fábio Luis na Gamecorpo já foram alvos de dois inquéritos. Um deles, investigava um aporte de 5 milhões de reais da Telemar na empresa do filho do ex-presidente. O outro apurava suposto tráfico de influência para autorizar a compra da Brasil Telecom pela companhia telefônica. As duas investigações foram arquivadas em 2012 por falta de de provas de irregularidades.

A ascensão de Fábio Luis como empresário durante o governo do pai foi revelada por VEJA em outubro de 2006, quando a revista mostrou que, em catorze meses, ele passou de monitor do Zoológico de São Paulo a sócio da maior empresa de telefonia do Brasil naquela ocasião — que contava com dinheiro público na composição de seu capital. “Os 15 milhões de reais investidos pela Telemar na empresa de Lulinha não foram um investimento qualquer. As circunstâncias sugerem que o objetivo mais óbvio seria comprar o acesso que o filho do presidente tem a altas figuras da República”, dizia a reportagem daquela época.

A operação deflagrada nesta terça, batizada de “Mapa da Mina”, foi autorizada pela 13ª Vara Federal de Curitiba e apura crimes de corrupção ativa e passiva, organização criminosa, tráfico de influência internacional e lavagem de dinheiro. Segundo as investigações da polícia, o esquema era feito por meio de contratos de operadoras de telefonia, internet e TV por assinatura atuantes no Brasil e no exterior.

Segundo o MPF, as apurações indicam o pagamentos superiores a 132 milhões de reais, entre 2004 e 2016, realizados sem justificativa econômica “plausível”, ao tempo em que o grupo Oi/Telemar teria sido beneficiado pelo governo federal em decisões no setor de telecomunicações, como um decreto assinado pelo ex-presidente Lula que autorizou a compra da Brasil Telecom pelo grupo Oi/Telemar — medida que já foi investigada em um inquérito arquivado. “Mensagens apreendidas no curso das investigações também denotam que o grupo Oi/Telemar foi beneficiado pela nomeação de conselheiro da Anatel”, diz.

“Provas documentais colhidas, como contratos e notas fiscais, além de dados extraídos a partir do afastamento dos sigilos bancário e fiscal dos investigados, indicam que as empresas do grupo Oi/Telemar investiram e contrataram o grupo Gamecorp/Gol sem a cotação de preços com outros fornecedores, fizeram pagamentos acima dos valores contratados e praticados no mercado, assim como realizaram pagamentos por serviços não executados”, afirma o MPF.

Os procuradores indicam que Fábio Luís, Bittar e Suassuna receberam do diretor de publicidade da Gamecorp em e-mail com um balanço da empresa com a ressalva de que teriam sido “expurgados os números da Brasil Telecom [grupo Oi] que por ser uma verba política poderia distorcer os resultados”. Entre 2005 e 2016 o grupo Oi/Telemar foi responsável por 74% dos recebimentos da Gamecorp.

O MPF também apreendeu uma mensagem eletrônica, de 2009, encaminhada para um diretor e conselheiro da Oi/Telemar na qual consta uma planilha com um repasse de 900 mil reais, deduzido da conta corporativa da presidência do grupo Oi/Telemar e classificado como “assessoria jurídica” — algo que foge, ainda conforme o MPF, dos negócios da Gamecorp.

Os procuradores acrescentam existirem suspeitas sobre repasses do grupo Oi/Telemar para a empresa R.T Serviços Especializados, apontada por ter custeado diversas despesas do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. “Evidências apontam que José Dirceu também participou ativamente de interlocuções em favor do grupo Oi/Telemar com o Governo Federal”, diz.

Na 24ª fase da Lava Jato, que deu origem a esta nova operação, os investigadores queriam esclarecer os favores e milhões de reais que o petista recebeu de empreiteiras envolvidas no petrolão. Entraram na mira dos investigadores o tríplex no Guarujá, que a OAS reformou e mobiliou; o sítio em Atibaia, também equipado e reformado para uso de Lula; os 10 milhões de reais que empreiteiras pagaram à LILS, empresa de palestras do ex-presidente; e os 20,7 milhões de reais repassados por elas ao Instituto Lula.

Pará gerou mais de 200 mil empregos entre janeiro e outubro deste ano

Em 2019, no período entre janeiro e outubro, o estado do Pará registrou 239.948 admissões, contra 224.422 desligamentos, gerando um saldo positivo de 15.526 postos de trabalhos com crescimento de 2,14% na geração de empregos formais no Estado. Os dados são do estudo do Dieese/PA.

Foto: Arquivo / Ag. ParáAinda no mesmo levantamento, o departamento aponta que a maioria dos setores econômicos do Estado apresenta crescimento na geração de empregos formais, com destaque para o de serviços, com saldo positivo de 6.817 postos de trabalhos, seguido pelo comércio, com 4.264 postos de trabalhos criados, indústria de transformação, com saldo positivo de 1.573 postos de trabalhos, e o setor de construção civil, com 1.168 postos gerados.

Os números mostram que, apesar do contexto econômico em que o país se encontra, das dificuldades enfrentadas na oferta de vagas e abertura de novo postos de trabalho, o governo do Estado está trabalhando para possibilitar o fortalecimento da economia e, consequentemente, estimular a geração de emprego e renda no Pará.

Ex-vereador e conselheiro tutelar é assassinado em frente ao filho em Anapu, no PA

Conselheiro tutelar de Anapu é assassinado a tiros. — Foto: Reprodução / FacebookConselheiro tutelar de Anapu é assassinado a tiros. — Foto: Reprodução / Facebook

Conselheiro tutelar de Anapu é assassinado a tiros. — Foto: Reprodução / Facebook

Paulo Anacleto, ex-vereador do PT e conselheiro tutelar em Anapu, sudoeste do Pará, foi assassinado na praça do centro da cidade nesta segunda-feira (9).

Testemunhas disseram à Polícia que a vítima estava em um carro quando uma dupla armada que estava em uma moto disparou diversas vezes. Paulo morreu no local do crime, em frente ao filho.

A Polícia Civil do Pará informou que iniciou as investigações do caso. Segundo as apurações preliminares, uma arma, calibre 38, municiada, foi encontrada com a vitima. Policiais civis de Anapu começaram diligências na região.