O início da noite de domingo (24) foi marcado por uma grande confusão em um bar conhecido como “Copo Sujo”, na Orla de Marabá. De acordo com informações da polícia militar, dois policiais civis, conhecidos como Alessandro dos Santos Cardoso e Fabrício Torres Pinheiro Castelo, apresentando sintomas de embriaguez, realizaram vários disparos de arma de fogo, vitimando três pessoas, após uma suposta briga entre mulheres.

Após algumas informações desencontradas, um relato atribuído à polícia militar, foi publicado no final da noite de ontem, dando conta de que Janaires Ribeiro da Silva, 29 anos, foi atingida por disparos de arma de fogo e socorrida pelo SAMU; o proprietário do Bar “Copo Sujo”, Jair Moura Costa, 44 anos, foi atingido por estilhaços e uma segunda mulher, ainda não identificada, teria sido baleada e conduzida para o hospital. Mais tarde, de acordo com o BO, no local, foram recolhidas cápsulas de pistola ponto 40.

De acordo com o boletim de ocorrência, quando a viatura do Grupo Tático Operacional (GTO) chegou ao local, houve desacato por parte dos infratores e eles receberam voz de prisão. Por se tratar de policiais civis, o delegado de plantão, Tomóteo Soares, foi chamado, conduzindo-os para a 21ª Seccional de Polícia Civil, onde foram apresentados à autoridade policial de plantão e autuados em flagrante delito.

Check Also

Ex-vereador e conselheiro tutelar é assassinado em frente ao filho em Anapu, no PA

Conselheiro tutelar de Anapu é assassinado a tiros. — Foto: Reprodução / Facebook Paulo Anacleto, …