Home / Agronegócio / Boi araguaia é criado a pasto, com sombra de árvore nativa e rastreado

Boi araguaia é criado a pasto, com sombra de árvore nativa e rastreado

bovinos-boi-corte-carne-nobre-raça-araguaia (Foto: Origem Premium)

Pecuaristas da divisa dos estados de Goiás e Mato Grosso desenvolveram uma nova raça de gado de corte, a Araguaia, que carrega características genéticas dos touros Blond D’Aquitaine, Caracu e Nelore. Os animais são criados com alimentação baseada, prioritariamente, em pastagem. O objetivo é reduzir os impactos da atividade no meio ambiente e, por apresentar animais com maior bem-estar, produz uma carne mais magra, considerada de alta qualidade e que pode ser rastreada pelo celular.

A raça Araguaia foi desenvolvida pelo pecuarista Raul Almeida Moraes Neto e tem manejo simples. É por meio do replantio de árvores nativas que são garantidas sombras para o bem-estar animal. “Quando se promove o sombreamento e a regeneração das árvores, o solo também é beneficiado. As raízes o protegem de erosões e trazem os nutrientes da camada mais profunda para a parte da superfície”, explica Moraes Neto.

Check Also

Peste Africana: doença pode dizimar 50% do maior rebanho de suínos do mundo

A Peste Suína Africana (PSA) deve provocar uma queda de até 50% no rebanho da …