Home / Notícias / Bolívia vive noite de saques e incêndios após renúncia de Evo; comandante da polícia também deixa seu cargo

Bolívia vive noite de saques e incêndios após renúncia de Evo; comandante da polícia também deixa seu cargo

Imagem da casa de Evo Morales em Cochabamba, que foi invadida após sua renúncia, em 10 de novembro de 2019 — Foto: Associated PressImagem da casa de Evo Morales em Cochabamba, que foi invadida após sua renúncia, em 10 de novembro de 2019 — Foto: Associated Press

Imagem da casa de Evo Morales em Cochabamba, que foi invadida após sua renúncia, em 10 de novembro de 2019 — Foto: Associated Press

Casas foram incendiadas, lojas foram saqueadas e gangues foram às ruas durante a noite de domingo (10) para segunda (11) nas cidades de La Paz, a capital da Bolívia, e Santa Cruz, depois que Evo Morales renunciou à presidência.

Logo após o pronunciamento de Evo, multidões comemoraram a sua renúncia. Foi mais tarde que ataques, aparentemente de retaliação, começaram.

Segundo o jornal “El Deber”, o comandante geral da polícia, Vladimir Yuri Calderón, renunciou nesta segunda-feira (11) após os incidentes violentos.

Um vídeo difundido entre os bolivianos mostra pessoas dentro da propriedade do próprio Evo com grafiti, depois que ele voou para outra parte do país.

Check Also

Deputado aciona a Procuradoria Geral da República contra filme que apresenta Jesus como gay

O deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) apresentou um ofício a Augusto Aras contra o especial …