Home / Notícias / Bolsonaro confirma Mendonça na Justiça e Ramagem no comando da PF

Bolsonaro confirma Mendonça na Justiça e Ramagem no comando da PF

As vagas na pasta e no comando da PF estavam abertas desde a última sexta-feira, quando Bolsonaro decidiu exonerar Maurício Valeixo da corporação e Sergio Moro deixou o governo após a decisão, ao alegar que o presidente tenta interferir politicamente na PF, o que Bolsonaro nega. O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou na noite de segunda-feira 27 a abertura de um inquérito para investigar as acusações do ex-juiz.

Antes de ser nomeado ministro da Justiça, Mendonça estava à frente da Advogacia Geral da União (AGU) e Ramagem, amigo dos filhos do presidente, era diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência). Ele comandou a segurança do então candidato Bolsonaro durante a campanha de 2018.

Horas depois da efetivação, Mendonça agradeceu ao presidente em uma mensagem nas redes sociais. “Meu compromisso é continuar desenvolvendo o trabalho técnico que tem pautado minha vida.”

Check Also

Homem que decide economia é um só e se chama Paulo Guedes, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro realiza uma coletiva em Brasília, no dia 24 de abril de …