Home / Ciência & Saúde / Ciência e Saúde Publicidade Sífilis volta a ser epidemia no Brasil e preocupa especialistas

Ciência e Saúde Publicidade Sífilis volta a ser epidemia no Brasil e preocupa especialistas

A sífilis voltou a ser uma epidemia no Brasil, e o alto número de infectados preocupa especialistas da saúde. O relaxamento da população no uso de preservativos e a falta de conclusão dos tratamentos por parte dos pacientes dificultam o combate à doença, que se tornou uma das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) mais recorrentes entre jovens adultos, gestantes e idosos no país.

Dados do Boletim Epidemiológico da Sífilis 2018 mostram que a taxa de detecção da sífilis adquirida aumentou de 44,1 para cada grupo de 100 mil habitantes, em 2016, para 58,1/100 mil em 2017. No mesmo período, a sífilis em gestantes cresceu de 10,8 casos por mil nascidos vivos para 17,2. Já a sífilis congênita, passou de 21.183 casos em 2016 para 24.666 em 2017. O número de óbitos por sífilis congênita foi de 206 casos em 2017, enquanto em 2016, haviam sido 195.

Check Also

Pesquisas fornecem novas evidências para o início da vida na Terra

Primeiras arqueas, pertencentes ao grupo Loki, foram cultivadas em laboratório e apresentaram genes de eucariontes …