Home / Notícias / Executivo, Legislativo, Judiciário e Ministério Público unem forças contra extinção da Receita

Executivo, Legislativo, Judiciário e Ministério Público unem forças contra extinção da Receita

A extinção da superintendência da Receita Federal em Belém, prevista na política do Ministério da Economia de reestruturação do órgão, já conta com uma frente de combate no Pará. Primeiro, a Assembleia Legislativa realizou audiência pública sobre o tema, numa iniciativa da deputada Professora Nilse Pinheiro (PRB). Antes disso, o líder do PT na Alepa, Carlos Bordalo, já alertava sobre o problema da tribuna da Casa.

Da audiência pública, participaram Sérgio Pinto, presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional); Charles Alcântara, do Fenafisco Nacional; o senador Zequinha Marinho; Simone Morgado, representando a Secretaria Estadual da Fazenda; Sérgio Pinto, representando o governo federal; servidores públicos e representantes da sociedade civil organizada, além de deputados.

Na visita do presidente Jair Bolsonaro a Belém, no dia 13 deste mês, os deputados entregaram a ele uma carta manifestando preocupação e contrariedade à extinção da Receita. Na tarde desta quinta-feira, 27, foi a vez de os chefes do três Poderes e do Ministério Público, no Pará, assinarem documento, a ser encaminhado ao governo federal, em que se posicionam oficialmente contrários à medida. Na próxima semana, em Brasília, documento semelhante deverá ser gerado na reunião do Fórum de Governadores.

Check Also

Mudança na Câmara e secretariado em Belém

Com a morte súbita do vereador Ivanildo Luiz de França, do PRTB, vítima de infarto …