Home / Notícias / Fazendeiro é condenado a indenizar filho concebido após estupro

Fazendeiro é condenado a indenizar filho concebido após estupro

Um fazendeiro de Uruaçu, no norte de Goiás, foi condenado a indenizar o filho, que diz ter sido concebido após um estupro, por danos morais. O homem, que tem 42 anos, alegou que sua mãe foi violentada pelo dono da propriedade quando ela trabalhava no local. O valor a ser pago é de R$ 20 mil.

No processo, o autor, que não teve o nome divulgado, contou que três meses após a mãe ser estuprada, em meados de 1976, procurou o fazendeiro falando da gravidez. Ele, no entanto, não quis assumir o filho e ameaçou a funcionária, que não o procurou mais. Entretanto, a mulher nunca escondeu do filho quem era o seu pai.

Check Also

Bolsonaro sanciona lei que permite 40 pontos na CNH

Presidente Jair Bolsonaro acena para seus apoiadores, após passear de motoclicleta, em 25 de julho …