Home / Notícias / Helder participa da inauguração do Frigorítico Bela Vista em Xinguara

Helder participa da inauguração do Frigorítico Bela Vista em Xinguara

Na solenidade de inauguração do Frigorífico Bela Vista (Fibrev) na tarde desta quarta-feira, em Xinguara, o governador do Pará, Helder Barbalho, disse que o estado paraense está de portas abertas para o agronegócio ou qualquer tipo de investimento que gere emprego para a população.

“Faço questão de destacar a importânia deste frigorífico para o municipio de Xinguara e para toda a região sul do estado, que começa com quatrocentos empregos diretos e mais dois mil indiretos, com previsão de chegar, em dois ou três meses, a oitocentos empregos diretos, isso prova que quando há investimentos o desenvolvimento vem junto”, disse.

“Eu poderia ter mandado um representante, mas fiz questão de vir pessoalmente para mostrar que o estado está presente e comunga dos ideais de crescimento que geram emprego e renda paraos trabalhadores”.

O governador ressaltou que às questões relacionadas ao meio ambiente, tem que ser tratadas com muita seriedade e reponsabilidade, já que, quem trabalha de forma legal, terá o apoio do estado, mas do contrário, não há possibilidade de nenhuma licença ser concedida.

Helder agradeceu a classe ruralista de Xinguara, em especial, os investidores do Fribev, Antônio Tetê e Luis Arsênio, por acreditarem no governo e no potencial do agronegócio que o Pará oferece à classe produtora brasileira.

Vários prefeitos, vereadores, secretários municipais, lideranças ruralistas, fazendeiros, secretários de estado, comercintees e industriais, estiveram presentes, além dos deputados estaduais:  Chicão, Caveira,  Cilene Couto, Alex Santiago, e Dr. Daniel (presidente da Alepa).

Depois da solenidade, Helder foi conheecer as instalações do frigorifico e a obra de construção do Instituto de Educação de Xinguara. Em seguida, junto com sua comitiva, voaram para a cidade de Curionópolis.

Check Also

Noivos morrem em queda de paramotor em Goiás

Vitória Carolina Gonçalves, de 21 anos, e Marley de Sousa Rego, de 35, morreram após …