Home / Sem categoria / Líder de quadrilha que assaltou bancos e aeroporto no Pará é preso

Líder de quadrilha que assaltou bancos e aeroporto no Pará é preso

Taurino Lemos da Conceição é acusado de participar de assalto a carro forte dentro de aeroporto de Tucuruí, no Pará. — Foto: Resprodução / TV LiberalTaurino Lemos da Conceição é acusado de participar de assalto a carro forte dentro de aeroporto de Tucuruí, no Pará. — Foto: Resprodução / TV Liberal

Taurino Lemos da Conceição é acusado de participar de assalto a carro forte dentro de aeroporto de Tucuruí, no Pará. — Foto: Resprodução / TV Liberal

A polícia Civil apresentou na manhã desta sexta-feira (14), um homem considerado um dos maiores assaltantes de banco em atuação no Pará e um dos líderes de uma facção criminosa no Estado. Taurino Lemos da Conceição, conhecido como ‘Velho Taurino’, foi preso na quinta-feira (13) no município de Dom Eliseu no Pará, sudeste do Pará. Taurino é considerado responsável por outros ataques a bancos na modalidade de roubo conhecida como “novo cangaço” e assaltos a veículos de transporte de valores.

Segundo a polícia, Taurino é apontado por envolvimento no resgate de presos do complexo penitenciário de Santa Izabel do Pará ocorrido em setembro de 2018. Ele também teria participação no assalto ao avião da empresa Prossegur ocorrido em Tucuruí em dezembro de 2018 e no ataque ao carro forte da mesma empresa seguradora ocorrido no último dia 28 de maio, quando o veículo trafegava na rodovia BR 304 entre Augusto Corrêa e Viseu, no nordeste do Pará.

Taurino Lemos da Conceição, conhecido como ‘Velho Taurino’, foi preso no Pará. — Foto: Divulgação / Polícia CivilTaurino Lemos da Conceição, conhecido como ‘Velho Taurino’, foi preso no Pará. — Foto: Divulgação / Polícia Civil

Taurino Lemos da Conceição, conhecido como ‘Velho Taurino’, foi preso no Pará. — Foto: Divulgação / Polícia Civil

Ainda segundo a polícia, o preso atua em roubos contra instituições bancárias há aproximadamente duas décadas. Em 2003, ele ficou conhecido em todo Brasil, como um dos membros da chamada “Quadrilha do Pânico”, grupo de assaltantes de banco responsável por diversos assaltos, entre eles o primeiro roubo a banco no Brasil, na moralidade “novo cangaço” ou “vapor”, ocorrido nesse ano, em Tucuruí. Na ocasião, um policial militar foi morto pelos criminosos durante o assalto.

Em setembro de 2018, após decisão judicial de progressão de regime para o sistema semi-aberto, ele foi transferido para a Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel do Pará, onde permaneceu por aproximadamente uma semana. No dia 28 de setembro de 2018, em companhia de outros detentos e com apoio externo, Taurino sequestrou funcionários do Sistema Penal e invadiu o Centro de Recuperação Penitenciário do Para II (CRPP II), no complexo de Santa Izabel do Pará, de onde resgatou diversos integrantes da facção criminosa.

Em 03 de dezembro de 2018, em companhia de outros criminosos, ele atacou o avião intermodal da empresa Prosegur na cidade de Tucurui.

Check Also

Quatro presos fugiram da Unidade de Polícia Integrada de Tucumã

Quatro detentos fugiram nesta quinta-feira (12) da Unidade de Polícia Integrada de Tucumã, no sudeste …