Home / Polícia / ‘Maníaco em série’: Polícia Civil indicia Marinésio Olinto por crimes contra 8 mulheres no DF

‘Maníaco em série’: Polícia Civil indicia Marinésio Olinto por crimes contra 8 mulheres no DF

O delegado Veleuziano de Castro Salgado é responsável pelos inquéritos que envolve Marinésio Olinto — Foto: Afonso Ferreira/G1

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) indiciou o cozinheiro Marinésio Olinto, de 41 anos, em sete inquéritos que apuravam crimes contra mulheres na capital.

Segundo a corporação, há indícios suficientes para concluir que o homem – chamado de “maníaco em série” por investigadores – atacou pelo menos oito vítimas. Outras quatro acusações ainda estão sob apuração da Polícia Civil (entenda abaixo).

Os inquéritos foram enviados ao Ministério Público do DF, que vai decidir se apresenta denúncia contra o suspeito. Na quarta (18), Marinésio foi denunciado pelo assassinato da funcionária do Ministério da Educação (MEC) Letícia Sousa Curado Melo, de 26 anos.

Ele também confessou o homicídio da empregada doméstica Genir Pereira de Sousa, de 47 anos.

Os sete inquéritos concluídos envolvem oito mulheres que teriam sido atacadas por Marinésio (veja lista abaixo):

  1. Assassinato da advogada Letícia Sousa Curado Melo, de 26 anos.
  2. Abuso sexual contra duas irmãs, de 18 e 21 anos. Elas usaram uma barra de ferro para conseguir fugir do carro.
  3. Em 2015, uma mulher de 25 anos, que foi abordada próximo ao Hospital Regional de Planaltina. De acordo com os investigadores, o cozinheiro tentou esganar a vítima, mas ela consegui fugir. De acordo com a polícia, o carro do irmão do suspeito foi usando no crime.
  4. Uma mulher de 39 anos. A vítima teria sido atacada entre 2013 e 2014. Em depoimento, ela contou que foi abordada em Sobradinho. O cozinheiro a levou ao Polo de Cinema de Sobradinho, mas a mulher conseguiu descer do carro e fugir.
  5. Uma jovem que à época tinha 19 anos contou ter sido abordada em 2017, no Vale do Amanhecer. Segundo os investigadores, o carro usado no crime foi um veículo preto, do irmão de Marinésio.
  6. Abuso sexual contra uma jovem de 23 anos. Ela pulou do carro em movimento para evitar ser estuprada.
  7. Uma mulher de 50 anos que foi abordada perto da região rural do Vale do Amanhecer.

Check Also

Ex-vereador e conselheiro tutelar é assassinado em frente ao filho em Anapu, no PA

Conselheiro tutelar de Anapu é assassinado a tiros. — Foto: Reprodução / Facebook Paulo Anacleto, …