Home / Sem categoria / ONG acusa gigantes da carne no Brasil de comprarem gado de áreas de desmatamento ilegal na Amazônia

ONG acusa gigantes da carne no Brasil de comprarem gado de áreas de desmatamento ilegal na Amazônia

Queimada na floresta e gado pastando na Amazônia (Foto: © AFP e Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
(Foto: AFP)

Relatório da ONG internacional Global Witness divulgado nesta quarta-feira (2/12) aponta que as três maiores empresas de carne bovina do Brasil – JBS, Marfrig e Minerva – não conseguem evitar o envolvimento de suas cadeias produtivas com grandes áreas desmatadas na Amazônia.

A investigação afirma que, entre 2017 e 2019, apenas no Pará, JBS, Marfrig e Minerva compraram gado de 379 fazendas com mais de 20 mil campos de futebol de desmatamento ilegal, infringindo os termos de ajuste de conduta firmados com o Ministério Público Federal e suas obrigações legais.

Menciona, ainda, que avaliações feitas pelos auditores internacionais DNV-GL e Grant Thornton para monitorar o cumprimento dessas obrigações não foram capazes de identificar esses casos, mas foram usadas pelas empresas para dar um “verniz ecológico” em suas credenciais ambientais.

Check Also

Vacinação no Pará pode começar em 21 de janeiro, afirma Helder

Na manhã desta quinta-feira (14), o governador Helder Barbalho falou sobre a campanha de vacinação …