Posse de senadores e eleição da Mesa serão dia 1º de fevereiro

Os trabalhos no Senado recomeçam no dia 1º de fevereiro com a posse dos senadores eleitos em outubro de 2018 e a eleição do presidente e demais cargos da Mesa. A cerimônia de posse ocorre às 15h. Em seguida, será realizada sessão para a eleição dos cargos da Mesa do Senado.

A sessão de posse dos senadores é relativamente rápida, não há discurso dos parlamentares, apenas a fala do senador que irá presidir a sessão, como explica o secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira.

Essa primeira reunião preparatória deve ser presidida pelo senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) conforme as regras regimentais, pois ele é o único membro da Mesa da legislatura anterior que continua no exercício do mesmo mandato. Na hipótese de não haver membro da Mesa presente ou habilitado, quem preside é o senador mais idoso, no caso, o senador José Maranhão (MDB-PB).

Representando o Pará, tomarão posse nesse dia, os senadores Jader Barbalho e Zequinha Marinho.

Correios comemoram 356 anos de criação

Nesta sexta-feira (25), os Correios comemoram 356 anos de serviço postal no Brasil e também dedicam a data a um dos profissionais responsáveis pela credibilidade e reconhecimento da população à instituição: o carteiro.

Atualmente, a empresa conta com cerca de 106 mil empregados. Destes, 57 mil são carteiros, trabalhadores comprometidos com a entrega anual de 6 bilhões de objetos postais em todo o país, atividade com desempenho reconhecido por premiações e pesquisas.

Em 2018, os Correios venceram, na categoria Melhor Empresa de Logística no E-commerce, o Prêmio ABCom de Inovação Digital 2018, um dos mais importantes e aguardados eventos do e-commerce nacional.

Também receberam, pela quinta vez consecutiva, o troféu Top of Mind na categoria “Serviço de Entrega de Encomendas”. Neste último, a empresa atingiu seu melhor índice nos últimos anos, com cinco pontos percentuais a mais em relação a 2017.

Governo federal vai investir R$ 25 bilhões para ampliar abastecimento de água no país

foto ilustrativa

O Ministério do Desenvolvimento Regional, responsável por coordenar toda a Política Nacional de Recursos Hídricos (PNRH) do Governo Federal, prevê investimentos de R$ 25 bilhões de reais em 114 obras para ampliar o abastecimento de água no País.

Do total de projetos, 66 estão na região Nordeste, área que mais sofre com a seca. As iniciativas fazem parte do Plano Nacional de Segurança Hídrica, em elaboração pela Agência Nacional de Águas (ANA) e que deverá ser lançado em abril deste ano.

Multidões nas ruas de uma Venezuela arrasada exigem saída do ditador Maduro

Multidões nas ruas contra permanência de Maduro no poder. Foto Reuters
Mão aberta levantada, Juan Guaidó, 35, jurou encarregar-se do poder Executivo da Venezuela, às 13h44 da tarde (horário local, 15h44 em Brasília), sendo muito aplaudido por manifestantes que foram às ruas nesta quarta-feira (23) para um grande protesto pedindo a saída do ditador Nicolás Maduro. Centenas de milhares foram às ruas na capital Caracas e em outras cidades, segundo estimativas de agências de notícias.

No palco armado em Chacao, bairro de classe média alta no lado leste de Caracas, o presidente da Assembleia Nacional venezuelana afirmou: “Sabemos que isso vai ter consequências. Mas não vamos permitir que se desinfle esse movimento de esperança, que seguirá ainda por dias, semanas ou meses, e por isso peço a todos os venezuelanos que juremos como irmãos que não descansaremos até alcançar a liberdade”.

Logo depois do juramento de Guaidó, os Estados Unidos foram os primeiros a reconhecê-lo como presidente interino —no total, 11 países já o fizeram, inclusive o Brasil. Já na praça O’Leary, onde se concentravam apoiadores do regime Maduro, Diosdado Cabello, homem forte do chavismo e presidente da Assembleia Nacional Constituinte, disse ao público que aqueles que tentam usurpar o poder serão “severamente castigados” e que as “forças imperialistas”, se quiserem entrar na Venezuela, “podem entrar, o problema é como elas irão sair”. A multidão aplaudiu.

O cruel modelo energético brasileiro

Nesta quinta-feira, a Fiepa e o Centro das Indústrias do Pará recebem o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica, Rodrigo Limp, que vai explicar como funciona o modelo tarifário nacional e discutir com os empresários de que forma o Pará pode ter tarifas de energia elétrica menos caras. O evento, no auditório Albano Franco, a partir das 8h, será restrito a convidados e à imprensa.
Apesar de ser um Estado gerador de energia, o Pará não tem qualquer benefício sobre a tarifa. O modelo é perverso e precisa ser totalmente reformulado. Os senadores e deputados federais deveriam dizer por que nunca conseguiram mudar esse jogo que é claramente nefasto ao Pará.
Na pauta no encontro, as possíveis soluções para equacionar o alto custo das tarifas e as ações que a ANEEL vem adotando para revisar o modelo setorial. Serão tratadas, ainda, a extinção de subsídios e a desoneração da Conta de Desenvolvimento Energético – CDE.

Ponte cai e interdita rodovia Transamazônica

Uma ponte de madeira que fica localizada no km 94, próximo a Medicilândia, na rodovia Transamazônica, no sudoeste do Pará, não suportou o peso de um caminhão carregado com madeira e desabou. O incidente aconteceu por volta das quatro horas da manhã desta quinta-feira, dia 24 de janeiro.

Ao passar pela ponte de madeira sobre o rio Seiko, sentido Uruará- Medicilândia, a estrutura não suportou o peso do caminhão e foi abaixo. O caminhão também caiu com a ponte, mas não chegou a tombar e nem encostar na água, com isso o motorista conseguiu sair do veiculo sem ter ferimentos. Com a queda dessa ponte na Transamazônica, o tráfego de veículos está parado desde a madrugada.

A ponte de mão única tinha mais de 20 anos e já apresentava problemas em sua estrutura.  Preocupados com a situação, em 2017, motoristas chegaram a bloquear a passagem na ponte por algumas horas, pedindo a reforma. Na época o DNIT chegou a fazer alguns reparos na ponte.

Bando armado invade agência dos Correios em Ourilândia do Norte

Quatro homens armados invadiram nesta quarta-feira (23) a agência dos Correios em Ourilândia do Norte, sudeste do estado. Segundo a Polícia Civil, os assaltantes levaram dinheiro e encomendas.

Eles ainda roubaram uma moto que estava estacionada em frente a agência e fugiram no veículo. A moto roubada foi abandonada em uma rua na periferia da cidade. Até agora ninguém foi preso.

O caso será investigado pela Polícia Federal. A agência está fechada e vai passar por uma perícia. A previsão é que ela só volte a funcionar na semana que vem.

Paulão vai assumir maçonaria em Xinguara

O empresário Paulo Gomes de Almeida, conhecido popularmente como “Paulão” tomará posse como venerável mestre da Loja Maçônica União e Fraternidade Xinguarense, para o exercício administrativo 2019, em cerimônia a ser realizada no sábado, dia 26 de janeiro, às 20h30, no salão nobre desta entidade maçônica. Maçons de toda região estão sendo convidados para o evento, assim como autoridades políticas, civis, militares, eclesiásticas e convidados especais.

Avião que transportava jogador argentino Emiliano Sala está desaparecido

Emiliano Sala, em imagem de 25 de novembro — Foto: Jean-Francois Monier / AFPEmiliano Sala, em imagem de 25 de novembro — Foto: Jean-Francois Monier / AFP

Emiliano Sala, em imagem de 25 de novembro — Foto: Jean-Francois Monier / AFP

O avião privado que transportava o jogador argentino Emiliano Sala desapareceu enquanto sobrevoava o Canal da Mancha na noite de segunda-feira (21). A informação foi confirmada pelas autoridades francesas da aviação à CNN.

A aeronave, um monomotor modelo Piper Malibu, tinha decolado do aeroporto de Nantes (França) e seguia para Cardiff, no País de Gales. Duas pessoas estavam a bordo.

O avião desapareceu dos radares por volta das 20h30 (horário local) a cerca de 20 km ao norte da ilha inglesa de Guernsey.

O nome de Sala estava na lista de passageiros, afirmou à CNN Frederic Solano, da Direção Geral da Aviação Civil Francesa.

As buscas pela aeronave foram interrompidas temporariamente na madrugada devido ao mau tempo, mas foram retomadas nesta manhã de terça. Dois helicópteros e embarcações britânicas ainda enfrentam más condições meteorológicas em busca de vestígios da aeronave, segundo o “Le Parisien”.

No sábado (19), foi oficializada a transferência do atacante de 28 anos do Nantes para o Cardiff City FC, que atua na primeira divisão inglesa.

Mais cedo, o presidente do Cardiff City, Mehmet Dalman, declarou que o clube estava muito preocupado com as últimas notícias de que uma aeronave havia desaparecido no Canal da Mancha.

“Estamos aguardando a confirmação antes que possamos dizer mais alguma coisa. Estamos muito preocupados com a segurança de Emiliano Sala”, afirmou.