Apresentadora da Globo chora ao vivo ao noticiar morte de pai e filho; veja o vídeo

 | Reprodução

Muitos profissionais da televisão brasileira  já passaram por diversas situações bem complicadas enquanto apresentam ao vivo e, é claro, que isso por muitas vezes acaba viralizando na internet. Agora, quem acabou chamando atenção dos telespectadores e mais tarde dos internautas foi a apresentadora da Globo, Ana Luíza Guimarães, 52 anos. Isso porque a jornalista do RJTV 2ª edição não conseguiu segurar a sua emoção e mostrou o quanto ficou abalada após transmitir uma triste notícia.

A apresentadora Ana Luíza Guimarães no comando do RJTV 2º edição (Foto: Reprodução/Globo)

Mesmo tentando suprimir as suas emoções, a contratada da Globo acabou quebrando o protocolo da emissora carioca e deu o que falar em todas as redes sociais. Ana Luíza recebeu uma relato avassalador enquanto estava ao vivo no telejornal na noite desta terça-feira, 17 de setembro, e anunciou a morte de um pai e filho em um terrível incêndio no Rio de janeiro. Guimarães ficou com a voz completamente embargada enquanto tentava transmitir as informações sobre a tragédia.

Ana Luíza Guimarães, apesar de ser uma jornalista experiente com anos de carreira precisou respirar fundos diversas vezes para conseguir continuar falando sobre o caso. A apresentadora da Globo ainda pediu desculpas ao público por ter se emocionado com a situação.  “Desculpa, gente. Às vezes é duro”, desabafou a contratada. Na reportagem que explicava a tragédia no RJTV, mostrou que um homem, de 35 anos, e o seu filho, de apenas um ano, estavam no apartamento deles, no bairro de Higienópolis, quando o local começou a pegar fogo sem mais, nem menos.

Ainda de acordo com os relatos, os vizinhos tentaram apagar o jogo e prestar socorro, mas não conseguiram.

‘Maníaco em série’: Polícia Civil indicia Marinésio Olinto por crimes contra 8 mulheres no DF

O delegado Veleuziano de Castro Salgado é responsável pelos inquéritos que envolve Marinésio Olinto — Foto: Afonso Ferreira/G1

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) indiciou o cozinheiro Marinésio Olinto, de 41 anos, em sete inquéritos que apuravam crimes contra mulheres na capital.

Segundo a corporação, há indícios suficientes para concluir que o homem – chamado de “maníaco em série” por investigadores – atacou pelo menos oito vítimas. Outras quatro acusações ainda estão sob apuração da Polícia Civil (entenda abaixo).

Os inquéritos foram enviados ao Ministério Público do DF, que vai decidir se apresenta denúncia contra o suspeito. Na quarta (18), Marinésio foi denunciado pelo assassinato da funcionária do Ministério da Educação (MEC) Letícia Sousa Curado Melo, de 26 anos.

Ele também confessou o homicídio da empregada doméstica Genir Pereira de Sousa, de 47 anos.

Os sete inquéritos concluídos envolvem oito mulheres que teriam sido atacadas por Marinésio (veja lista abaixo):

  1. Assassinato da advogada Letícia Sousa Curado Melo, de 26 anos.
  2. Abuso sexual contra duas irmãs, de 18 e 21 anos. Elas usaram uma barra de ferro para conseguir fugir do carro.
  3. Em 2015, uma mulher de 25 anos, que foi abordada próximo ao Hospital Regional de Planaltina. De acordo com os investigadores, o cozinheiro tentou esganar a vítima, mas ela consegui fugir. De acordo com a polícia, o carro do irmão do suspeito foi usando no crime.
  4. Uma mulher de 39 anos. A vítima teria sido atacada entre 2013 e 2014. Em depoimento, ela contou que foi abordada em Sobradinho. O cozinheiro a levou ao Polo de Cinema de Sobradinho, mas a mulher conseguiu descer do carro e fugir.
  5. Uma jovem que à época tinha 19 anos contou ter sido abordada em 2017, no Vale do Amanhecer. Segundo os investigadores, o carro usado no crime foi um veículo preto, do irmão de Marinésio.
  6. Abuso sexual contra uma jovem de 23 anos. Ela pulou do carro em movimento para evitar ser estuprada.
  7. Uma mulher de 50 anos que foi abordada perto da região rural do Vale do Amanhecer.

Imagens fortes! Vítima leva tiro no olho após tentar entregar celular para assaltante; veja o vídeo!

Um homem de 47 anos sofreu uma tentativa de homicídio na manhã da última sexta-feira (13). O crime aconteceu logo cedo, às 6h40, em um posto de gasolina em Brasília. Câmeras de segurança do estabelecimento registraram a cena. A Polícia Militar suspeita de tentativa de latrocínio.

Na gravação, é possível ver que a vítima estaciona um carro vermelho e desce para calibrar os pneus. No mesmo instante, um motociclista para ao lado e desce apontando uma arma para o homem. Os dois conversam rapidamente e, em seguida, o agressor atira, ao que o motorista cai no chão.

Depois disso, o motociclista foge. Nas imagens, é possível ver que ao menos mais uma pessoa ocupava o carro. Um homem sai do banco do passageiro para socorrer o ferido. O Corpo de Bombeiros foi acionado e transportou a vítima ao Instituto Hospital de Base. O crime é investigado pela 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte).

PM e Guarda Municipal são detidos acusados de sequestrar empresário


PM e Guarda Municipal são acusados de envolvimento em um sequestro de um empresário.

 PM e Guarda Municipal são acusados de envolvimento em um sequestro de um empresário. | Polícia Civil/Divulgação

OPolicial Militar José das Graças Peres Monteiro e o Guarda Municipal de Belém Pedro Rony Sampaio Pinheiro foram detidos na noite da última sexta-feira (13), acusados de sequestro a um empresário no município de Terra Alta, no nordeste paraense.

Um outro integrante, identificado como John Elton Ribeiro dos Santos, também foi preso.

Segundo a Polícia Civil, houve uma denúncia de um suposto sequestro do dono de um mercantil por três suspeitos em um veículo vermelho, que estiam em direção a Castanhal.

Polícia Civil/Divulgação

Durante o deslocamento, a polícia encontrou o veículo na localidade de Mocajubinha. Nele estavam a vítima e os suspeitos.

De acordo com a PC, dentro do veículo foram encontradas uma pistola .40 e uma pistola 380, além do valor de R$ 1.622 em poder do Guarda Municipal.

Ainda segundo a PC, os suspeitos e a vítima foram conduzidos para a delegacia de Castanhal para os procedimentos cabíveis.

Em nota, a corregedoria da Guarda Municipal de Belém informou que está acompanhando o caso para tomar conhecimento de todos os fatos.

O DOL entrou em contato com a Polícia Militar e aguarda um posicionamento em relação a denúncia.

Magazine Luiza inaugura lojas no Pará nesta segunda-feira

Magazine Luiza abrirá suas primeiras lojas no Pará nesta segunda-feira (16). A rede vai abrir 19 lojas, em 14 cidades diferentes.

Até o final do ano, outros 41 pontos serão instalados – totalizando 60 lojas no estado, em 2019.

De acordo com Fabrício Garcia, vice-presidente do Magazine Luiza, serão 50 milhões de investimento no Pará, no ano, gerando mais de 2 mil empregos diretos.

“A chegada no Pará marca nossa chegada na Região Norte. Aos poucos, estamos cobrindo o Brasil. Estamos investindo pesado na operação aqui, pois sabemos que é um mercado com muito potencial e carente de uma rede uma a nossa”, explicou Garcia.

Divulgação

Funcionários de terceirizada da Celpa são presos suspeitos de extorquir clientes em Piçarra

Segundo a Polícia, os dois funcionários foram encontrados com R$1.620 em dinheiro, que teria sido recebido de uma vítima.

A Celpa informou, em nota, que tomou conhecimento sobre o caso e que não compactua com este tipo de prática.

A concessionária disse também que já solicitou que os funcionários fossem desmobilizados e que irá acompanhar e colaborar com as investigações policiais.

Avó é presa após espancar a pauladas o neto de 12 anos

Costas de garoto ficam marcadas após supostas pauladas desferidas pela avó

 Costas de garoto ficam marcadas após supostas pauladas desferidas pela avó | (Divulgação)

Uma mulher de 52 anos, que não teve a sua identidade revelada, foi presa na manhã da última quarta-feira (11) e posteriormente liberada após o Conselho Tutelar receber uma denúncia de que ela teria agredido a pauladas o neto de 12 anos, em Parintins (AM), a 369 quilômetros de Manaus.

Em depoimento, a avó admitiu ter agredido a criança e disse que quis puni-lo por uma desobediência. Segundo a delegada Alessandra Trigueiro, titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Parintins, a equipe da unidade policial foi acionada naquela manhã, por volta das 9h, pelo Conselho Tutelar do município, informando que um adolescente de 12 anos havia sido espancado pela avó materna em uma casa situada na segunda etapa do bairro Itaúna.

Ainda segundo a autoridade, os policiais civis foram até o local e constataram que a vítima apresentava várias lesões pelo corpo provocadas por pauladas com pedaços de madeira e um corte próximo à orelha direita, além de ter o couro cabeludo raspado apresentando pequenos cortes.

Na delegacia, a mulher afirmou que a motivação das lesões seria o fato de o adolescente ter saído de casa para comprar material escolar sem o conhecimento dela.

A suspeita foi conduzida ao prédio da DEP de Parintins, onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por maus-tratos. Em seguida, ela foi liberada.

A 111 anos-luz da Terra: detectados sinais de água líquida em outro planeta

A vida como se conhece depende de um elemento-chave, que vem sendo buscado avidamente por astrônomos no restante do Universo: H2O. Agora, pela primeira vez, um grupo de pesquisadores da Universidade College London (UCL), na Inglaterra, detectou sinais de vapor d’água na atmosfera de uma super-Terra — planeta fora do Sistema Solar, maior que a Terra, mas menor que os gasosos — dentro da zona habitável de um sistema estelar. Isso significa que, ao menos teoricamente, ele tem condições físicas e químicas de abrigar algum tipo de vida extraterrestre.

Trata-se do K2-18b, exoplaneta descoberto em 2015 que tem massa oito vezes superior à da Terra e é orbitado por uma estrela anã vermelha a 110 anos-luz daqui, na constelação de Leão. Desde que ele foi identificado pela já aposentada sonda Kepler, os cientistas sabiam que o K2-18b poderia ser coberto por oceanos líquidos. Contudo, só agora, a partir de dados coletados pelo Telescópio Espacial Hubble, da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa), se confirmou que o planeta não apenas tem água, como ela está na atmosfera, e não congelada, como a detectada em Marte.

“O planeta está numa zona habitável. Isso significa que ele pode suportar água líquida. É o primeiro planeta conhecido que está fora do Sistema Solar, está na zona habitável, tem uma atmosfera e suporta água líquida, fazendo dele o melhor candidato para habitabilidade até agora”, afirmou, em uma coletiva de imprensa, Angelos Tsiaras, professor de física e astronomia da UCL e um dos autores do estudo. O artigo sobre a detecção de vapor d’água no K2-18b foi publicado na edição desta quinta-feira (13/9) da revista Nature Astronomy.

A maioria dos 4.109 exoplanetas detectados até o fim de agosto consiste em gigantes gasosos, semelhantes a Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Compostos basicamente por gás, eles não poderiam abrigar água, especialmente no estado líquido. Os melhores candidatos são os planetas menores e rochosos, com uma extensa atmosfera. Angelos Tsiaras ressalta: esse não é uma segunda Terra.

Marido simula a própria morte para revelar plano da esposa que queria matá-lo

O matador, levou uma foto a Lulu do marido morto, ela foi presa após pagar pelo suposto crime.

 O matador, levou uma foto a Lulu do marido morto, ela foi presa após pagar pelo suposto crime. | (Reprodução/Arquivo Pessoal)

Um homem de 50 anos simulou a própria morte para revelar um plano da esposa em 2015 e, só agora, decidiu contar sobre o caso. Ramon Sosa descobriu que a mulher, Lulu, tinha contratado um matador profissional por 1,5 mil dólares, aproximadamente R$ 6 mil para matá-lo. O casal, morava na mesma casa em Houston, nos Estados Unidos, estava passando pelo processo de divórcio.

Segundo o jornal Extra, um homem identificado como Gustavo seria um matador e foi contratado pela esposa de Ramon. Só que ela não sabia, que o contratado e a futura vítima eram amigos de infância. Gustavo gravou uma conversa sobre o plano e mostrou para o amigo.

O áudio foi apresentado à polícia de Houston, mas foi considerado insuficiente para iniciar uma investigação. A polícia, então, sugeriu que Ramon simulasse a própria morte. O matador, na verdade um policial disfarçado, levou uma foto a Lulu do marido morto, ela foi presa após pagar pelo suposto crime e condenada a 20 anos de prisão.

Em entrevista para o ao tabloide The Sun, Ramon conta como foi sua reação ao descobrir que sua morte estava encomendada.

“Quando descobri, fiquei muito irado, triste e confuso. Um misto de emoções, todas elas se enfrentando para ver qual seria a dominante. Eu ainda tinha que viver sob o mesmo teto com a pessoa que planejava a minha morte”, disse Ramon.

Prefeito de Marabá diz que vai encerrar contrato com empresas de ônibus na cidade

O Prefeito de Marabá, Sebastião Miranda, reuniu com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Marabá (Sintrasul), nesta quinta-feira (12), e disse que vai encerrar o contrato de concessão com as empresas responsáveis pelo transporte público no município.

“Só tem uma maneira, na minha visão, de resolver: É fazer nova concessão para entrar outra empresa. Rescindir essa concessão. Tentar rescindir amigavelmente e fazer nova licitação”, garantiu Sebastião Miranda.

Motoristas e cobradores dos transporte público de Marabá entraram no quarto dia de paralisação nesta quinta-feira. Eles reivindicam o pagamento de três salários atrasados e sete meses de vale alimentação.

“O prefeito informou que o processo (de encerramento do contrato) está sendo feito de forma legal, que ele não pode burlar essa questão porque tem a tramitação, infelizmente. Mas, enquanto isso, o trabalhador continua sem receber e as suas necessidades inadiáveis, que é a sua alimentação, estão ai, sem receber”, disse Ozéias Brandão, secretário-geral do Sintrasul.

Em nota, as empresas que administram o transporte público de Marabá informaram que o custo com mão-de-obra dos trabalhadores representa 52% das despesas e que o congelamento da tarifa ao longo dos anos e a queda do número de usuários contribuem para acelerar a crise local no transporte público no município.