“No que depender de mim, todo homem do campo terá um fuzil”, diz Bolsonaro

Por: Globo Rural

O deputado federal e pré-canditato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse, nesta quarta-feira (16/5) que, no que depender dele, o produtor rural terá um fuzil na propriedade. Ele fez a declaração durante passagem pela Agrobrasília, feira de tecnologia agrícola realizada em Brasília (DF).

“No que depender de mim, o homem do campo vai ter fuzil em sua propriedade. Isso não é ser radical”, disse Bolsonaro, acrescentando que deixar o agricultor desarmado é ser “inconsequente e irresponsável” e deixá-lo “à mercê do MST e outros tipos de bandidagem”.

Bolsonaro defendeu o endurecimento de penas para crimes como o roubo de insumos nas lavouras. “Ninguém vai pra cadeia por causa disso”. Disse ainda que ações de movimentos como o dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, devem ser  tratadas como criminosas.

Reforma Agrária pode continuar fazendo para a agricultura familiar. Não invadir propriedade de quem quer que seja para forçar. Invadiu a fazenda, chácara, casa ou apartamento, para mim, é um ato criminoso e tem que ser repelido com retaguarda jurídica”, afirmou.

 

Floresta do Araguaia sedia a 25ª edição do Festival do Abacaxi

Por: Agência Pará:

Com safra de mais de 300 milhões de frutos por ano, o município de Floresta do Araguaia, no sul do Pará, se mantém na posição de maior produtor de abacaxi do país. Segundo dados da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), apenas em 2016 foram produzidos 314 milhões de frutos, e em 2017 a produção saltou para 380 milhões.

Para promover e fortalecer a cultura do abacaxi, e também festejar junto aos produtores e toda a população esses recordes, a cidade receberá, desta quinta-feira, 17, a domingo, 20, a 25ª edição do Festival do Abacaxi, promovido pela Prefeitura com o apoio do Governo do Estado.

O evento já se consolidou como uma das maiores festas populares do sul do estado, oferecendo atrações e shows nacionais e regionais, treinamentos técnicos, jogos, show de calouros e distribuição de bolo, sorvetes, geleia e outras guloseimas feitas a partir do fruto, gerando assim emprego e renda, e levando o desenvolvimento à região. Estão envolvidas na iniciativa a Emater, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará).

Xinguara realizou reunião sobre o Programa “Terra Legal

Por: Mayrla Lima:

Fábio Queiroz

Na última terça-feira (15) foi realizada na Câmara Municipal uma reunião entre representantes do Programa Terra Legal do governo Federal , representantes da Secretaria Municipal de Economia Urbana e Rural e a população.

O prefeito Osvaldinho Assunção participou da reunião ressaltando a importância da legalização e da desburocratização proporcionada pelo programa. O objetivo do ‘Terra Legal’ é regularizar as ocupações legítimas, com prioridade aos pequenos produtores e às comunidades locais, colaborando assim para a governança fundiária das glebas públicas da Amazônia Legal.

Na oportunidade foi iniciado o processo de regularização de algumas áreas que já estão com processo em andamento, assim como a solução e pendencias quanto a requerimentos encaminhados ao INCRA (Instituo Nacional de Colonização e Reforma Agrária).

Dia do Gari: profissionais recebem homenagens do governo municipal

Por: Mayrla Lima

Os garis tiveram uma manhã diferente nesta quarta-feira, 16 de maio, dia em que se comemora o Dia do Gari. Para homenagear esses profissionais e celebrar a data, a prefeitura de Xinguara fez uma singela homenagem aos garis do município, que, diariamente, trabalham para manter a limpeza da cidade.

A Igreja Presbiteriana Renovada realizou um culto, foram mensagens de felicitações, agradecimento, incentivo e reconhecimento ao trabalho desenvolvido por eles, além de um café da manhã especial, preparado para festejar o momento e que contou com a presença do prefeito, Osvaldinho Assunção, do vice-prefeito Raimundo Mototáxi, de secretários municipais e vereadores.

Os homenageados participaram ainda de um sorteio com vários brindes.
“A função desses profissionais é essencial para a manutenção, a vida e para o meio ambiente da nossa cidade, assim como qualquer outra profissão, digna de muito orgulho e de muito respeito” disse Osvaldinho Assunção, prefeito.

Mulher confunde linguiça com cobra e aciona Corpo de Bombeiros

Por: R7 Notícias

O Corpo de Bombeiros de Viçosa (MG) recebeu uma chamada, no mínimo, inusitada nessa terça-feira (15). Uma mulher acionou a corporação para resgatar uma cobra no chão da própria casa.

Quando os militares chegaram ao local, perceberam que, na verdade, se tratava de um metro de uma linguiça artesanal. Segundo os bombeiros, a mulher estava desesperada e temia ser atacada.

A moradora não informou como a linguiça foi parar no chão da cozinha, mas a suspeita é que o gato que ela tem em casa tenha arrastado o alimento.

Advogado Rivelino Zarpellon está ameaçado de morte, diz nota da CPT

Nota da CPT do Pará

A Comissão Pastoral da Terra do Pará (CPT-PA), a Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH) e a Terra de Direitos vêm a público denunciar a grave situação de ameaça perpetrada contra o advogado e defensor de Direitos Humanos, Rivelino Zarpellon.

Militante histórico e advogado há 18 anos, Rivelino possui relevante atuação na região sul do Pará, onde desenvolve sua advocacia em muitas causas emblemáticas, incluindo denúncias de corrupção que ensejaram o afastamento de juízes da Comarca de Xinguara (PA) e contribuições em situações de conflito acompanhadas pelas equipes locais da CPT. Atualmente é assessor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (SINTEPP) e do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Pará (SINDSAUDE), além de Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção Xinguara.

O advogado vem sendo alvo de ameaças e constante monitoramento de sua rotina desde o fim do ano passado. A perseguição teve início após trechos dos depoimentos prestados a título de colaboração premiada por dois policiais civis envolvidos no massacre de Pau D’Arco, no Pará, ocorrido no dia 24 de maio de 2017, circularem através do aplicativo de mensagens “Whatsapp”. Rivelino foi o advogado que acompanhou as colaborações.

Na época, ele também foi procurado por amigos que o informaram sobre a existência de uma lista de “marcados para morrer”. Segundo as informações, nessa lista constaria o seu nome. Tais fatos foram comunicados à Equipe Federal do Programa de Defensores de Direitos Humanos (PPDDH), pelo qual Rivelino é assistido desde 2012, culminando com seu afastamento do sul do Pará.

Ao retornar para o estado, já no início de 2018, Rivelino voltou às suas atividades em Xinguara e outros municípios na região. No entanto, entre o fim do mês de abril e início do mês de maio, novos fatos ocorreram, colocando sua segurança novamente à prova.

Familiares e amigos relataram que dois homens desconhecidos, em uma motocicleta, estiveram em suas casas à procura do advogado. A situação mais preocupante ocorreu na última quinta-feira, 10 de maio, quando ele mesmo registrou a insistente passagem de um motociclista suspeito na rua de sua residência. Tal fato ocorreu por volta de 09 horas da manhã, quando Rivelino saía para o trabalho. Todos os acontecimentos foram registrados em ocorrência junto à Polícia Federal (PF) de Redenção, remetidos ao PPDDH e repassados também à Secretaria de Segurança Pública e Secretaria de Justiça do Estado do Pará.

A preocupação é que o agravamento das ameaças contra Rivelino esteja relacionada à evolução das investigações sobre o Massacre de Pau D’Arco. Com relação a esse caso, a PF instaurou uma segunda fase de investigações com objetivo de apurar o envolvimento de outros suspeitos. Nesse sentido, houve o cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão de aparelhos celulares nas cidades de Redenção e Belém (PA), em Goiânia (GO), e no Rio de Janeiro. Na ação criminal proposta pelo Ministério Público Estadual contra 17 policiais civis e militares foi realizada, entre os dias 02 e 18 de abril, a audiência de instrução e julgamento para oitiva de testemunhas e dos acusados.

Reiteramos que a atuação do advogado Rivelino Zarpellon é inquestionável e as ameaças contra sua integridade física são vistas como um feroz ataque a todos/as os Defensores/as de Direitos Humanos no estado do Pará. Exigimos a identificação dos responsáveis e a segurança do advogado para que a luta por Diretos e Justiça não seja mais sinônimo de risco!

 Belém, 15 de maio de 2018.

Comissão Pastoral da Terra Regional Pará

Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos

Terra de Direitos

Xinguara ganha investimentos durante as festividades de 36 anos

Por Dani Figueiras/Agência Pará

A celebração de convênios entre a Prefeitura e o Estado marcou as comemorações dos 36 anos de Xinguara. A assinatura do convênio ocorreu no último sábado, 13 de maio, data que o município comemora sua emancipação política.

Foi firmado convênio para a construção de uma clínica de fisioterapia, no valor de R$ 289.051,66. Também foi assinado convênio de R$ 357.204,96, destinado à iluminação do trecho urbano da Avenida Xingu. Serão instalados, também, uma rede subterrânea com cabos de cobre e cinco transformadores, para a iluminação do canteiro principal da avenida.

A emenda para a construção da clínica de fisioterapia é da deputada Cilene Couto que também participou das festividades dos 36 anos do município. Desmembrar

Segundo o prefeito de Xinguara, Osvaldinho Assunção, as obras governamentais demonstram o interesse do Governo do Pará em contribuir efetivamente para o desenvolvimento dos municípios. “Xinguara está sendo beneficiada com esses convênios, que vão deixar a avenida mais bonita e ajudar muito a nossa comunidade, que precisa de uma clínica de fisioterapia. Quero agradecer ao governo pelo empenho em atender as demandas solicitadas”, disse o prefeito.

O senador Flexa Ribeiro e o secretário do Centro Regional de Governo da Região Sul do Pará, Jorge Bittencourt, participaram da programação ao lado do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará, deputado Márcio Miranda.

Por Dani Filgueiras/Agência Pará

Corrida pela Prefeitura de Xinguara já começou. Quem serão os candidatos?

Comentário:

O tempo de se falar em política municipal, não é agora, é depois que terminar a campanha estadual e nacional que vai eleger neste ano o presidente da república, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Mas como deixar de falar deste assunto, se os políticos e a própria população não param de comentar?

Na realidade, todos querem saber mesmo é quem serão os futuros candidatos a prefeito de Xinguara. Neste caso, nomes como os de Janaína, Davi Passos, Vilmones, Amarildo, Dr. Batista e Dr. Moacir, são os mais comentados, por enquanto.

O certo é que, queiram ou não, a campanha rumo a Prefeitura de Xinguara, já começou, faz tempo! Os candidatos estão nas ruas medindo suas capacidades de conquistar aliados e simpatizantes. Uma espécie de termômetro para ser medido na pré campanha de 2020.

Não se pode afirmar claramente, porque as conversas ainda são feitas nos bastidores, no entanto, é sabido que o grupo político do atual prefeito de Xinguara, Osvaldinho Assunção, vem a cada dia mais consolidando e fortalecendo suas bases eleitorais para ter um candidato a prefeito nas eleições municipais de 2020.

Por ser um tema bastante abrangente e complexo, o assunto vem sendo tratado com cautela pelos aliados do prefeito, mas eles acham que no grupo tem gente competente que pode sim assumir o posto de liderança sem nenhum problema. E repetiram os nomes do Dr. Moacir, Dr. Batista, Vilmones e Janaína, como sendo capacitados e preparados para comandar o processo de substituir Osvaldinho e Raimundo Mototaxi no comando Prefeitura de Xinguara.

Dono de lotérica é vítima de assalto em frente ao prédio da Caixa em Xinguara

O dono de uma casa lotérica de Xinguara foi vítima mais uma vez de ação criminoso a mão armada por parte de ladrões assaltantes. Desta vez, o assalto ocorreu no exato momento que o dono da lotérica chegava ao prédio da Caixa Econômica Federal carregando o malote de dinheiro do rendimento do dia.

Os ladrões pareciam está esperando o momento de atacar. Eles estavam de motocicleta e um deles desceu do veiculo e apontou uma arma de fogo para o dono da lotérica, subtraindo do mesmo o malote com o dinheiro.

Várias pessoas que estavam na frente da agência viram o assalto acontecer, mas ninguém teve coragem de reagir. Os ladrões foram embora sem serem importunados.

Ninguém soube informar oficialmente quanto em dinheiro tinha no malote levado pelos ladrões, mas corre comentários que seria em torno de dezessete mil reais.

A polícia acha que pelas características descritas, o homem que praticou o assalto, seria o mesmo que assaltou o dono desta mesma lotérica outras duas vezes somente este ano.

O delegado José Orimaldo da Silva, que assumiu o plantão na noite desta terça-feira (15), será o responsável pelas investigações deste assalto.

Santana do Araguaia: trabalhadores rurais denunciam trabalho degradante em fazenda

Esta foto foi extraída da internet e tem o caráter estritamente ilustrativo

Três trabalhadores rurais registraram um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia de Santana do Araguaia, na segunda-feira (14), às 16 horas, onde comunicaram à autoridade policial de plantão que foram vítimas de trabalho em situação degradante.

O trabalhador Sávio de Souza, autor da denúncia, relatou que ele e seus outros dois colegas trabalharam de serviços gerais em uma fazenda no interior do município, durante 20 dias, e não receberam pelos serviços prestados, e que nesse período tiveram contato com veneno sem nenhuma proteção pessoal.