Jatene e Helder iniciam a transição

O governador Simão Jatene anunciou hoje de manhã ao secretariado que o procurador geral do Estado, Ophir Cavalcante Júnior, e o auditor geral do Estado, Roberto Amoras, coordenarão a equipe de transição do atual para o futuro governo estadual. Em seguida, Jatene telefonou a Hélder Barbalho, informando as providências. Por sua vez, Hélder indicou o advogado Parsifal Pontes, atual presidente da Cia. Docas do Pará (licenciado) e coordenador de sua campanha, como responsável pelo diálogo com o governo durante a transição.
As escolhas são acertadas, de ambas as partes. Ophir Jr. e Amoras são competentes, educados e de fácil diálogo. E Parsifal Pontes – que  já foi prefeito e deputado, por isso sabe como funciona a máquina administrativa -, se notabiliza pela educação, capacidade de articulação e entendimento.

Destaque: Aniversário de Janielton Lima

As homenagens deste site vão para o empresário, publicitário e promotor de eventos, Janielton Lima, uma figura muito conhecida e querida no seio da sociedade xinguarense, que nesta quarta-feira (31/10), festeja mais um aniversário de vida ao lado da família e dos amigos. Nascido no dia 31 de outubro de 1983, Janielton se destaca por sua criatividade, empreendedorismo, amizade e profissionalismo.

Feliz aniversário caro amigo!

Prazo para justificar ausência no segundo turno vai até 27 de dezembro

Os eleitores que não compareceram ao local de votação neste domingo (28) e não justificaram a ausência no segundo turno ainda podem regularizar a situação eleitoral até dezembro. Os ausentes do primeiro turno, realizado em 7 de outubro, tem até de de dezembro para justificar por que não compareceram à votação. Para os que se ausentaram no segundo turno, o prazo vai até 27 de dezembro.

A justificativa pode ser feita mediante o preenchimento de um requerimentodisponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deve ser entregue pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviado por via postal ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito. Além do formulário, o eleitor deve entregar documentação que comprove a impossibilidade de comparecimento na votação.A

Helder Barbalho já tem apoio de mais da metade dos deputados

O novo governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), deve ter o apoio da maioria dos deputados que vão integrar a Assembleia Legislativa do estado (Alepa) a partir de 2019. Um levantamento realizado pelo G1 aponta que 23 dos 41 deputados eleitos já declararam apoio ao político.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com os deputados Dirceu Ten Caten, Bordalo e Dilvandra Faro, todos do PT. No entanto, após o final do primeiro turno das eleições, o partido indicou apoio à candidatura de Barbalho.

Receita de picadinho de alcatra e abóbora

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1 cebola pequena picadinha
  • 2 dentes de alho picadinhos
  • 600 g de alcatra cortada em cubos de 3 cm
  • Sal e pimenta-do-reino
  • Curry, colorau ou páprica doce
  • Água quente
  • 600 g de abóbora madura descascada e cortada em cubos de 3 cm
  • Cheiro-verde picado
  • 1 cebola fatiada
  • Modo de preparo

    • Aqueça o azeite em uma panela grossa e refogue a cebola e o alho. Junte a carne, refogue até dourar e junte os temperos a gosto.
    • Adicione água quente suficiente apenas para cobrir a carne e cozinhe em fogo médio por cerca de 45 minutos.
    • Quando a água estiver quase seca, agregue a abóbora, tampe e deixe cozinhar por 10 minutos. Se necessário, junte mais água.
    • Desligue o fogo e salpique o cheiro-verde e a cebola fatiada. Sirva com arroz branco.

Sociedade em Destaque `Dr. Cícero Sales` presidente da OAB

Considerado por todos como um advogado ético e competente, Dr. Cícero Sales, atual presidente da OAB Subseção de Xinguara, a 6 anos no cargo, é um ferrenho defensor dos direitos humanos, assim como é disposto e dedicado na luta pela a instituição que defende, a dos advogados. Trata-se realmente de uma excelente pessoa, sendo um bom pai, bom marido e ótimo profissional na área advocatícia. Pelo o ser humano que é, e por outras qualidades aqui não narradas, é que o Dr. Cícero Sales ganhou o direito de ser o homenageado da semana deste site EdmarBrito.com.br

Márcio Miranda diz que deve manter ‘oposição coerente’

Márcio Miranda, do DEM, candidato derrotado no segundo turno das eleições para governo do Pará, esteve com apoiadores na sede do partido, na av. José Bonifácio, em Belém. Márcio cumprimentou lideranças e militantes do partido e conversou com jornalistas. Sobre a derrota, Márcio afirmou que deve manter ‘oposição coerente’.

“O povo fez a escolha, que vem pelo voto. Chegamos a 45%, ou seja o Pará, praticamente se dividiu, e nós vamos adotar a nossa postura ética. Agora quem ganha governa, quem não ganha vigia, faz a oposição coerente, com bom senso, mas acima de tudo cobrar de quem ganhou que cumpra o que prometeu”, comentou.

Jair Bolsonaro é o novo presidente do Brasil

Com mais de 55 milhões de votos, Jair Bolsonaro, do PSL, é o novo Presidente da República. Ele obteve 55,54% dos votos totais, contra 44,46% de Fernando Haddad (PT), que teve pouco mais de 44 milhões de votos em todo o País. A diferença de quase 11 milhões de votos permitiu que Bolsonaro se elegesse com 94% das urnas apuradas. Os votos brancos representaram 2,16%  o total e os nulos 7,43%

Helder Barbalho eleito novo governador do Pará

Helder Barbalho, do MDB, foi eleito neste domingo (28) governador do estado do Pará. Ele derrotou nas urnas Márcio Miranda, do DEM, com quem disputou o segundo turno das eleições. O resultado só foi confirmado com 92% das urnas apuradas, por volta das 18h50, quando Helder alcançou 55,22% dos votos (1.922.718 votos); e Márcio Miranda, 44,78% (1.559.075 votos) .

Helder Barbalho tem 39 anos. Ele nasceu na capital Belém, no dia 18 de maio de 1979, filho de Jader Barbalho e Elcione Barbalho, ambos políticos pelo MDB. Formou-se em administração pela Universidade da Amazônia (Unama).

Helder estreou na política como vereador de Ananindeua, região metropolitana de Belém, em 2000. Dois anos depois, em 2002, elegeu-se deputado estadual. Nas eleições de 2004, foi eleito prefeito de Ananindeua. Em 2008, foi reeleito com 50% dos votos. Em 2014, candidatou-se ao cargo de governador do Pará, mas foi derrotado por Simão Jatene, do PSD.

Em dezembro de 2014, durante o segundo mandato da então presidente Dilma Rousseff (PT), Helder assumiu o cargo de ministro da Pesca e Agricultura. Após a extinção da pasta, por meio da reforma ministerial, ele assumiu como ministro-chefe da Secretaria Nacional dos Portos. Helder pediu demissão da secretaria em 20 de abril de 2016. Em seguida, foi nomeado ministro da Integração Nacional pelo presidente Michel Temer (MDB).