Pesquisa conclui que mundo precisa reduzir consumo de carne

Alimentação saudável vegetariana (Foto: Getty Images)

Um consenso, resultado da compilação de mais de 30 anos de pesquisa dos principais cientistas de todo mundo que buscam definir uma dieta saudável e sustentável, concluiu a necessidade de cortar drasticamente o consumo de carnes e produtos de origem animal.

A EAT-Lancet Commission on Food, Planet, Health traz a revisão completa sobre o que constitui uma dieta a partir de um sistema sustentável e quais ações podem apoiar e acelerar a transformação desse sistema de produção de alimentos.

Segundo o estudo, é necessário um grande corte no consumo principalmente de carne vermelha em países do oeste (como Brasil e Estados Unidos) e uma radical mudança em todo o mundo para evitar uma catástrofe ambiental global.

O estudo procura traçar orientações que forneçam uma alimentação nutritiva para a população global que cresce em ritmo acelerado, ao mesmo tempo em que direciona a dieta cujo papel principal é a criação animal como os maiores agentes das mudanças climáticas, a destruição da vida selvagem e a poluição de rios e oceanos.

Aftosa: dose da vacina será reduzida a partir de maio

febre-aftosa-vacinacao-boi-pecuaria (Foto: Seapec/CCommons)

Conforme anunciado no ano passado, a vacina contra a febre aftosa vai ter sua dose reduzida de 5 ml para 2 ml na primeira etapa de vacinação de bovinos e bubalinos, que será realizada a partir de maio, na maioria dos estados.

Segundo  Diego Viali dos Santos, chefe da Divisão de Febre Aftosa, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, nessa primeira etapa de vacinação do ano, a grande maioria do país vai imunizar todo o rebanho.

Apenas no Acre, Espírito Santo e Paraná a dose será aplicada apenas em animais jovens (de até 24 meses de idade). Já o estado do Amapá realiza a vacinação anualmente no segundo semestre.

A mudança da dose está prevista no Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), que deverá culminar com a retirada total da vacinação no Brasil prevista até 2021.

STF mantém afastada juíza que deixou adolescente em cela com homens em Abaetetuba

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (5) manter a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que afastou de suas funções a juíza Clarice Maria de Andrade. Em 2007, a juíza foi acusada de manter uma adolescente de 15 anos presa em uma cela com cerca de 30 homens, em Abaetetuba (PA).

O colegiado julgou nesta tarde um recurso da União contra a decisão individual do ministro Marco Aurélio, que suspendeu uma decisão do CNJ, proferida em 2016, determinando que a juíza fique em disponibilidade, pena administrativa que equivale a dois anos de suspensão das funções, mas com recebimento de salário.

Após febre, quadro de Bolsonaro melhora e ele volta a ingerir líquidos

Um dia após ter apresentado febre, o presidente Jair Bolsonaro teve uma melhora no estado de saúde nesta terça-feira (5/2). De acordo com a equipe médica, Bolsonaro está sem febre ou dor e houve até uma redução da coleção líquida no abdome.

Ainda segundo os médicos, o presidente também apresentou um aumento da movimentação intestinal. Com isso, ele pôde começar a ingerir líquidos.
Pelas redes sociais, o presidente mostrou que seuge fazendo exercícios de fisioterapia.

Sete integrante de quadrilha de roubo a bancos são mortos pela Polícia em Acará

Sete suspeitos de participar de uma quadrilha de roubos a banco foram mortos em confronto com a Polícia Civil, no final da manhã desta terça-feira (5), em Acará, no nordeste paraense. Segundo a Polícia, a associação criminosa planejava assaltar duas agências bancárias na cidade e foram abordados no momento em que trafegava em uma estrada vicinal, na zona rural do município, de onde seguiriam para a sede da cidade para cometer o assalto.

No momento da abordagem policial, os criminosos efetuaram disparos contra os policiais civis que revidaram aos tiros e atingiram inicialmente quatro suspeitos. Eles ainda chegaram a ser socorridos, mas não resistiram. Outros três suspeitos foram baleados e também morreram logo depois.

A operação foi efetuada por policiais civis da Divisão de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) e Grupo de Pronto-Emprego (GPE), que atuavam no monitoramento no bando na região.

Helder pede apoio para a aprovação de medidas em educação, saúde e segurança na Alepa

Helder discursa durante abertura de trabalhos na Alepa — Foto: Ascom/AlepaHelder discursa durante abertura de trabalhos na Alepa — Foto: Ascom/Alepa

Helder discursa durante abertura de trabalhos na Alepa — Foto: Ascom/Alepa

Na abertura dos trabalhos da nova legislatura na Assembleia Legislativa do Pará nesta terça-feira (5), o governador Helder Barbalho pediu o apoio dos parlamentares para a execução de projetos na nova gestão. O governador pediu ajuda na aprovação de leis nas áreas de educação, saúde e segurança pública.

“Somos responsáveis, hoje, pelo bem-estar de mais de oito milhões de habitantes em nosso estado, cujos indicadores de qualidade de vida, saúde, educacionais, de segurança, de renda, estão entre os mais baixos do nosso país. Porém, não fugiremos a responsabilidade de reerguer o nosso Estado”, declarou.

Forro da Câmara Municipal de Curionópolis desaba durante forte chuva

Parte de forro cai em Câmara de Curionópolis, no Pará, durante forte chuva. — Foto: Reprodução / Portal 30

Parte de forro cai em Câmara de Curionópolis, no Pará, durante forte chuva. — Foto: Reprodução / Portal 30

Um chuva forte em Curionópolis, sudeste do Estado, causou transtornos nesta terça-feira (5). Parte do forro da plenária da Câmara Municipal desabou com o temporal. O acidente aconteceu durante a madrugada, ninguém ficou ferido.

Segundo o presidente da casa, Nonato Maranhense, o prédio é alugado e uma reforma para resolver o problema deve começar na quarta-feira (6). A previsão é que as obras durem um mês.

Até a conclusão do serviço, as sessões serão realizadas em uma outra sala no mesmo prédio.

Operação prende doze pessoas e apreende sete armas em Marabá

Sete armas são apreendidas em operação da Deca em Marabá, no Pará. — Foto: Reprodução / Polícia CivilSete armas são apreendidas em operação da Deca em Marabá, no Pará. — Foto: Reprodução / Polícia Civil

Sete armas são apreendidas em operação da Deca em Marabá, no Pará. — Foto: Reprodução / Polícia Civil

A operação Bom Futuro da Polícia Civil cumpriu seis mandados de busca e apreensão, sendo dois deles na zona urbana de Marabá, no sudeste do estado, e outros quatro na fazenda Bom Futuro.

Doze pessoas foram presas suspeitas de crime como invasão de propriedade privada; receptação dolosa; posse ilegal de arma de fogo, entre outros. Sete armas de fogo foram apreendidas, além de armas brancas e ferramentas.

A ação foi realizada pela Delegacia de Conflitos Agrários (Deca) de Marabá, com apoio da Superintendência Regional e da Seccional do município.

Entre os detidos, há uma mulher que, segundo a Polícia, já havia sido presa pelos mesmos crimes.

Dia Mundial de luta contra o câncer

No Dia Mundial de Luta contra o Câncer, celebrado neste segunda-feira, o INCA promove apresentação de estudo e debate com o tema “sobrevivência ao câncer”.

O aumento da sobrevivência após o tratamento da doença, embora não seja igual para todos os tipos, vem sendo melhor observado nas últimas três décadas,segundo O Instituto Nacional do Câncer.

O estudo Compreendendo a sobrevivência ao câncer na América Latina: os casos do Brasil, buscou compreender experiências e identificar necessidades de sobreviventes de quatro tipos de câncer: mama, colo do útero, próstata e leucemia.

O objetivo do estudo é subsidiar a formulação de políticas públicas para os pacientes após o término do tratamento.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), informam que entre 2018 e 2019 serão registrados mais de meio milhão de novos casos de câncer por ano no Brasil.

Congresso recebe nesta segunda-feira mensagem de Bolsonaro na primeira sessão do ano

Fachada do Congresso Nacional — Foto: Pedro França/Agência SenadoFachada do Congresso Nacional — Foto: Pedro França/Agência Senado

Fachada do Congresso Nacional — Foto: Pedro França/Agência Senado

Congresso Nacional dará início nesta segunda-feira (4) aos trabalhos legislativos do ano em uma sessão solene conjunta da Câmara e do Senado – a primeira com os deputados federais e senadores recém-empossados.

Na cerimônia, marcada para começar às 15h no plenário da Câmara, será lida uma mensagem do presidente da República, Jair Bolsonaro,com os planos do Poder Executivo para 2019.

A mensagem costuma ser levada ao Congresso pelo chefe da Casa Civil da Presidência e quem deverá representar Bolsonaro é o titular da pasta, ministro Onyx Lorenzoni. O presidente está hospitalizado em São Paulo, recuperando-se de uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia.

A data de início do ano legislativo é definida pela Constituição Federal, que estabelece que seja em 2 de fevereiro. No entanto, como neste ano a data foi um sábado, o início será no primeiro dia útil seguinte.