Quadrilha ataca bancos em Guararema e ao menos 11 são mortos após tiroteio

As agências do Banco do Brasil, que fica ao lado da delegacia da cidade, e do Santander foram atacadas pelo bandoAs agências do Banco do Brasil, que fica ao lado da delegacia da cidade, e do Santander foram atacadas pelo bandoReprodução/TV Globo

Por Folhapress
De São Paulo

Uma quadrilha formada por ao menos 25 criminosos explodiu caixas eletrônicos de dois bancos em Guararema (cidade da Grande SP), na madrugada desta quinta-feira (4).

A Polícia Militar interveio, houve troca de tiros e, segundo a corporação, ao menos 11 criminosos foram baleados e morreram durante a tentativa de roubo. Um suspeito foi preso e outros 13 permanecem foragidos. Nenhum policial se feriu na ação.

A ocorrência começou na madrugada, por volta das 4h30, e ainda está em andamento. As agências do Banco do Brasil, que fica ao lado da delegacia da cidade, e do Santander foram atacadas pelo bando.

Na fuga, parte do grupo entrou em uma casa, na estrada Municipal Doutor Hércules Campagnoli, e manteve uma família – casal e uma criança – refém. Ao escapar da residência, um criminoso foi baleado.

De lá, os criminosos entraram numa região de mata do município. Uma megaoperação da polícia cerca a área para tentar localizar os demais membros da quadrilha. Há mais feridos entre os fugitivos, segundo a PM.

Em entrevista à TV Globo, Mário Alves da Silva, o comandante da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), disse que os criminosos já eram monitorados pelo Gaeco (Grupo de Combate ao Crime Organizado), do Ministério Público. “Já sabíamos que eles fariam um ataque na região territorial das cidades de Jacareí e Guararema”, informou.

Alepa e Governo do Estado recebem prefeitos de municípios das regiões sul e sudeste do Pará

Executivo e legislativo unidos no programa “Governo por todo o Pará”
No segundo dia do programa “Governo Por Todo o Pará”, no Centro de Convenções Leonildo Rocha, em Marabá, os deputados estaduais, liderados pelo presidente, Daniel Santos, participaram de reuniões com lideranças de 17 municípios da região atendidos pelo governador Helder Barbalho. O objetivo dessas reuniões é a descentralização das atividades dos poderes Executivo e Legislativo para todas as regiões do Estado, ouvindo lideranças e reivindicações da população.
“Minha avaliação é bastante positiva sobre essa oportunidade dos gestores de diversos municípios trazerem, até o governo do Estado e a nós parlamentares, as demandas da população de suas localidades. O município de Floresta do Araguaia, que é um dos maiores produtores de abacaxi do Brasil, precisa melhorar sua logística para o escoamento do seu maior produto e que gera emprego e renda para o município. O governador e a Alepa vão contribuir com as demandas que a comitiva do município apresentou”, disse o chefe do parlamento estadual, Daniel Santos.
O governador Helder Barbalho falou sobre a segunda etapa do programa. “Nosso trabalho aqui é poder atender as prioridades de cada município. O governo do Estado e Assembleia Legislativa do Estado do Pará irão colaborar nas demandas de cada município, o êxito da proposta de aproximação do governo dentro desta região vem permitindo que essa relação possa fazer com que as ações sejam eficazes, e que Executivo e Legislativo sejam capazes de atender, efetivamente, aquilo que cada município das regiões sul e sudeste espera e prioriza”, enfatizou o governador.

Ampliação da assistência à mulher integra agenda de trabalho em Marabá

A assistência e as ações de combate à violência contra a mulher foram temas debatidos nesta quarta-feira (3), em uma das reuniões do Programa Governo Por Todo o Pará, em Marabá, na região sudeste. No encontro, mulheres apresentaram suas demandas à primeira-dama do Estado, Daniela Barbalho, e à esposa do vice-governador, Andrea Vale.

Participaram da reunião representantes de entidades ligadas aos direitos da mulher em Marabá. Claudia Chene, conselheira de Defesa da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Pará, no município, expôs algumas demandas. “Hoje trouxemos como prioridades o plantão na Delegacia da Mulher (Deaca); o retorno de perícia do IML (Instituto Médico-Legal) lá na Deaca; a necessidade de ampliação do horário da equipe e aumento da estrutura do ParáPaz. Algumas proposituras já estão em andamento, e o chefe de Governo vai dar continuidade. Temos reuniões já agendadas com o ParáPaz. A gente está no início do Governo, mas a sensação é de um olhar sensibilizado”, acentuou.

Conflito armado deixa um morto e três feridos em acampamento rural no PA

Tiroteio deixa mortos e feridos no interior do Pará. — Foto: Reprodução / TV LiberalTiroteio deixa mortos e feridos no interior do Pará. — Foto: Reprodução / TV Liberal

Tiroteio deixa mortos e feridos no interior do Pará. — Foto: Reprodução / TV Liberal

Um tiroteio deixou um homem morto e três feridos nesta quarta-feira (3) em um acampamento de agricultores no sudoeste do Pará. O sargento da PM, Valdenilson Rodrigues da Silva, 54, morreu na troca de tiros.

(Correção: Na noite de quarta-feira (3), a Secretaria de Segurança do Pará (Segup) informou em nota que duas pessoas morreram no conflito. Apenas na manhã de quinta-feira (4), a Polícia Civil do Pará confirmou que apenas uma pessoa foi encontrada morta, o policial militar Valdenilson da Silva.)

Segundo denúncias, o caso teria sido uma reintegração de posse ilegal, mas a Polícia informou que ainda apura os detalhes. Testemunhas afirmaram que os agricultores não tiveram tempo de reagir e que entre as vítimas estão três agricultores, que ainda não foram identificados.

Senador Jader quer incentivar projeto de aquicultura na Ufopa

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) quer implantar um Núcleo de Biotecnologia em Aquicultura com viveiros de produção de peixes, alojamento e laboratórios para incentivar a produção de organismos aquáticos em uma das regiões mais beneficiadas pela biodiversidade no planeta.

A ideia é abrigar alunos e pesquisadores dos vários campi que integram a Ufopa para desenvolverem pesquisas e novas tecnologias para ampliar o setor da produção pesqueira, que representa hoje um dos maiores potenciais de desenvolvimento do Pará.

O senador Jader Barbalho (MDB) recebeu, em Brasília, o reitor da Ufopa, Hugo Alex Diniz, que apresentou a ele o projeto de construção de 16 viveiros, além da construção de novos laboratórios destinados a manter aulas práticas aos pesquisadores, acelerar a produção científica e ser uma ponte para a comunidade local ter acesso ao conhecimento produzido dentro da Universidade na área da aquicultura.

Justiça proíbe Celpa de efetuar cortes de energia para débitos anteriores a 90 dias

zoom_out_map
 Reprodução

A 9ª Vara Cível e Empresarial da Justiça Estadual em Belém concedeu liminar ordenando que a Celpa (Centrais Elétricas do Pará), concessionária de energia que atende todo o território paraense, se abstenha de cobrar e efetuar corte de fornecimento em razão de dívidas de consumo não registrado que sejam anteriores a 90 dias.

A decisão também ordena duas medidas para assegurar a transparência nas contas de luz: a empresa está proibida de lançar cobranças como acúmulo de consumo sem detalhar as informações e também está obrigada a informar sobre os métodos de cálculo para essas cobranças. A decisão determina ainda que a empresa cumpra todos os passos exigidos pela Aneel no artigo 115 da resolução 414, que trata das deficiências na medição de energia e contém uma longa lista de obrigações para que a empresa possa realizar a cobrança por consumo estimado. Se a Celpa não puder cumprir as obrigações, deve informar por escrito ao consumidor, diz a liminar.

TSE diz que 2,6 milhões de títulos de eleitores estão irregulares

Os eleitores que não votaram nem justificaram a ausência às urnas nas últimas três eleições têm até o próximo dia 6 de maio para regularizar a situação. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em todo o país, mais de 2,6 milhões de pessoas estão em situação irregular.

De acordo com o Tribunal, quem não acertar contas com a Justiça Eleitoral pode ter o título cancelado. O TSE informa que são incluídas eleições regulares e suplementares e que cada turno é considerado uma eleição.

Após bate-boca na CCJ, governo conversa individualmente com partidos

Alan Santos / PR

Após uma visita oficial a Israel, o presidente Jair Bolsonaro está de volta ao Brasil e vai se dedicar, ao longo das próximas semanas, às articulações em favor da aprovação da reforma da Previdência.

A agenda do presidente inclui nesta quinta-feira (4) reuniões com lideranças de seis partidos políticos.

Será a primeira rodada de diálogo com as legendas visando constituir uma futura base de apoio parlamentar ao governo no Congresso.

As audiências começam a partir das 8h30, no Palácio do Planalto, quando ele recebe o presidente nacional do PRB, deputado Marcos Pereira (SP). Na sequência, Bolsonaro conversa com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, seguido pelo ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, presidente nacional do PSDB.

Netanyahu destaca que Brasil tem grande potencial em distintas áreas

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, recebe o presidente da República, Jair Bolsonaro, em cerimônia oficial de chegada.O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, recebe o presidente da República, Jair Bolsonaro, em cerimônia oficial de chegada.Alan Santos/PR/Agência Brasil

Por Agência Brasil

Ao recepcionar o presidente Jair Bolsonaro hoje (31), em Tel Aviv, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, chamou-o de “meu amigo” e destacou a importância mundial do Brasil. Segundo ele, o Brasil é um país de grandes dimensões e potencial, demonstrando que sob a liderança de Bolsonaro, avançarão em distintas áreas.

“Acredito que, sob sua liderança, esse potencial será realizado não apenas para o Brasil, mas também para as relações entre Israel e Brasil no comércio, investimentos, tecnologia, agricultura, energia, turismo, em todos os campos”, disse no discurso de boas-vindas.

Netanhyahu reiterou que a chegada de Bolsonaro ocorre em um momento de tensão por causa dos atos militares na região da Faixa de Gaza, disputada entre israelenses e palestinos.

Zequinha Marinho dá jantar em Brasília para senadores

Senador Zequinha Marinho:  anfitrião do regabofe pra lá de quente
Nos últimos meses, em Brasília, senadores não alinhados com o governo de Jair Bolsonaro têm frequentemente se reunido em pantagruélicos repastos para avaliar como andam as relações entre legislativo e executivo.
Desta vez, neste final de semana, o jantar, na base de pirarucu ao molho de camarão, pato no tucupi – iguarias bem paraenses – e carneiro assado, ocorreu na residência em Brasília do senador paraense Zequinha Marinho PSC). Segundo informa Caio Junqueira, da revista digital Crusoé, o cozinheiro foi Lucas Barreto, do PSD do Amapá. Papo vai, papo vem, o nome mais falado, entre uma garfada e outra, foi o de Bolsonaro, como não poderia deixar de ser.
Lógico que as orelhas do presidente da República arderam. Um terço do Senado compareceu, entre líderes, vice-líderes do governo no Congresso, além do presidente, Davi Alcolumbre. Na avaliação da maioria, ou Bolsonaro dá um rumo ao governo dele ou será deixado de lado.
Nesse caso, o Congresso tocaria uma agenda própria e autônoma, como ocorrido nos últimos dias, durante a aprovação da emenda constitucional que obriga o governo a pagar emendas de bancada na Câmara dos Deputados.