Mineração em Serra Pelada pode ser retomada

A exploração do ouro em Serra Pelada, distrito de Curionópolis, no sul do Pará, pode ser retomada. A canadense Annapurna mostrou interesse em investir na mineração na região. O assunto foi levado ao deputado Eliel Faustino, que é vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, Mineração, Geologia e Energia da Alepa, pelo prefeito Adonei Aguiar, o presidente da Câmara Municipal, Raimundo da Silva (Nonato Maranhense) e os vereadores Wilson Ferreira, Junior Brito e Paulo Higino. Eliel vai acompanhar de perto a instalação da empresa e já agendou novas reuniões para discutir questões ambientais, sociais, técnicas e jurídicas com os segmentos envolvidos e órgãos municipais e estaduais, e quer que a mineradora debata com a sociedade os desdobramentos da operação para a economia do Estado.

Bolsonaro é denunciado por improbidade e peculato no caso Queiroz

O procurador Carlos Henrique Martins de Lima, do Distrito Federal, denunciou Jair Bolsonaro à Procuradoria-Geral da República (PGR) por suspeita de improbidade administrativa e peculato. O despacho indica que o gabinete de Bolsonaro na Câmara empregou a ex-assessora Nathália Melo de Queiroz como funcionária fantasma. Nathália, filha de Fabrício Queiroz, estava lotada no gabinete de Bolsonaro na Câmara dos Deputados enquanto trabalhava como personal trainer no Rio de Janeiro em horário comercial.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo reitera que “a funcionária em questão é filha do motorista Fabrício Queiroz, que foi assessor do senador Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), quando o filho do presidente era deputado estadual. O motorista, por sua vez, é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por movimentações financeiras atípicas, identificadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). O gabinete de Bolsonaro atestou a frequência de Nathália em Brasília.”

Jader Barbalho atua para liberar recursos aos municípios paraenses

Estados e municípios exportadores iniciaram o ano fiscal de 2019 com um rombo em suas receitas: diferentemente do que vinha sendo feito em exercícios anteriores, neste ano não houve o repasse do Fundo de Auxílio aos Estados e Municípios Exportadores (FEX), referente ao exercício de 2018. Para muitos gestores o FEX é um complemento vital para a saúde financeira da Prefeitura. Preocupado com a situação e atendendo apelo de vários prefeitos paraenses, o senador Jader Barbalho (MDB) interveio junto à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal, onde está parado o projeto de lei que dispõe sobre a liberação do Fundo.

Apresentador Fernando Rocha pede aumento, Globo não aceita e o demite

Fernando Rocha

O clima de tensão nos estúdios da Globo não param! Divulgado pelo jornalista Daniel Castro na manhã desta quarta-feira, 27, o apresentador do programa Bem EstarFernando Rocha, deixará a emissora após seu pedido de aumento de salário não ter sido aceito pela empresa.

Procurada, a Comunicação da Globo confirmou o encerramento do vínculo de trabalho com o jornalista e o fim de seu contrato em agosto deste ano. Fernando também entra de férias hoje e não retornará ao programa. Mariana Ferrão irá apresentar sozinha, já que o colega não será substituído.

A assessoria do apresentador preferiu não se manifestar sobre o ocorrido. Entretanto, o comunicador publicou uma foto em sua rede social, na última terça-feira, 26, com uma leve indireta sobre o desligamento da emissora

Líder do Governo quer regional no Marajó

O líder do governo na Alepa, deputado Francisco Melo,  o Chicão, apoia a criação do Centro Regional do Governo do Marajó, com sede no município de Breves. Projeto de indicação do deputado Luth Rebelo nesse sentido teve parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça. Chicão salientou o abandono secular da população marajoara e a necessidade da presença efetiva dos órgãos públicos estaduais no arquipélago. Hoje, em plenário, o deputado lembrou que o governador Helder Barbalho já anunciou que vai transferir em março a sede do governo para Marabá e pretende fazer o mesmo nas demais regiões do Pará.

Jean Wyllys é atacado com ovos em evento na Universidade de Coimbra

O ex-deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) foi alvo de manifestações de militantes do Partido Nacional Renovador (PNR), de Portugal, na tarde desta terça-feira, 26, em um evento em Coimbra. Convidado pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra para participar de uma conferência, Wyllys já havia iniciado o debate quando dois homens se levantaram da plateia e tentaram acertá-lo com três ovos.

Aberta ao público, a conferência estava lotada, com centenas de pessoas do lado de fora. A agressão aconteceu quando o ex-deputado falava sobre crimes de homofobia e criticava o atual governo brasileiro.

“As pessoas não se importaram com o insulto que Jair Bolsonaro fez à minha pessoa lá na Comissão de Direitos Humanos, porque a homofobia é social e naturaliza a violência contra as pessoas LGBTs. A homofobia é institucional e, por isso, todas as violências praticadas contra a comunidade LGBT no Brasil, principalmente as violências letais, não despertam…”, dizia o ex-deputado, quando foi interrompido pela ovada.

Os agressores foram imobilizados pelos seguranças do eventos e expulsos do local. “Eu gostaria de dizer para esses sujeitos – que no lugar de um ovo, poderiam ter mandado um tiro – que nós estamos atentos e fortes”, provocou Jean Wyllys, que foi protegido da “ovada” pelo segurança de sua escolta pessoal.

Operação ‘Dionísio’ prende mais 25 suspeitos de envolvimento com crimes no interior do Pará

A operação Dionísio, iniciada na sexta-feira (22), prendeu mais 25 pessoas em Baião, nordeste do estado, e Soure, no arquipélago do Marajó, no Pará, nesta terça-feira (26). Os suspeitos respondem por envolvimento com tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e furtos.

A operação Dionísio segue até o dia 28, coordenada pela Diretoria de Polícia do Interior (DPI), e antecede a operação Carnaval. Ao todo, 41 pessoas foram presas até então, para prevenir a prática de crimes durante o carnaval, principalmente o tráfico de drogas, em cidades que atraem maior número de foliões.

Segundo o balanço divulgado pela Polícia, quinze pessoas foram presas em Baião. Segundo a delegada Renata Gurgel, foram 17 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão expedidos pela Justiça. Dentre os quinze presos, 6 são mulheres, de acordo com a delegada. “Também foram apreendidas três armas de fogo, 194 porções de maconha, meio tablete de maconha e 15 porções de óxi de cocaína”. Na cidade, a operação contou com 64 policiais civis.

Diretoria da OAB Xinguara tomará posse oficialmente nesta quinta-feira

Será nesta quinta-feira (28/02), às 19 horas, na sede da Aciapa, a posse oficial da nova diretoria da OAB Subseção de Xinguara, que tem como presidente o advogado Evandro Marcelino Santana.

A cerimônia de posse contará com a presença do presidente da OAB do Pará, Alberto Antônio Albuquerque Campos e de outras autoridades locais e regionais convidadas especialmente para o evento.

Confira a diretoria que tomará posse nesta quinta-f3ira : Presidente: Evandro Marcelino Santana (Cacau), Vice-Presidente: Nilton Gomes Carneiro, Secretária Geral: Laylla Silva Maia, Secretária Geral Adjunta: Tatiane Rezende Moura, Diretora Tesoureira: Flaviane Candida Pereira, Conselheiros Subseccionais Titulares: Mariana Milza Pereira Passos e Gustavo Peres Ribeiro, Conselheiros Subseccionais Suplentes: Lucenilda de Abreu Almeida e Clayton Carvalho da Silva.

O início da noite de domingo (24) foi marcado por uma grande confusão em um bar conhecido como “Copo Sujo”, na Orla de Marabá. De acordo com informações da polícia militar, dois policiais civis, conhecidos como Alessandro dos Santos Cardoso e Fabrício Torres Pinheiro Castelo, apresentando sintomas de embriaguez, realizaram vários disparos de arma de fogo, vitimando três pessoas, após uma suposta briga entre mulheres.

Após algumas informações desencontradas, um relato atribuído à polícia militar, foi publicado no final da noite de ontem, dando conta de que Janaires Ribeiro da Silva, 29 anos, foi atingida por disparos de arma de fogo e socorrida pelo SAMU; o proprietário do Bar “Copo Sujo”, Jair Moura Costa, 44 anos, foi atingido por estilhaços e uma segunda mulher, ainda não identificada, teria sido baleada e conduzida para o hospital. Mais tarde, de acordo com o BO, no local, foram recolhidas cápsulas de pistola ponto 40.

De acordo com o boletim de ocorrência, quando a viatura do Grupo Tático Operacional (GTO) chegou ao local, houve desacato por parte dos infratores e eles receberam voz de prisão. Por se tratar de policiais civis, o delegado de plantão, Tomóteo Soares, foi chamado, conduzindo-os para a 21ª Seccional de Polícia Civil, onde foram apresentados à autoridade policial de plantão e autuados em flagrante delito.

Venezuela deportará equipe de TV que mostrou jovens comendo lixo

A rede de televisão norte-americana Univisión informou na segunda-feira que a Venezuela decidiu deportar uma equipe de notícias liderada pelo âncora Jorge Ramos que foi detida brevemente no palácio presidencial porque sua linha de questionamento incomodou o presidente Nicolás Maduro.

A equipe de seis pessoas ficou detida por mais de duas horas no palácio Miraflores depois de Maduro dizer que não gostou das perguntas, relatou Ramos aos repórteres depois de chegar ao seu hotel de Caracas, que estava cercado de agentes de inteligência armados.

Há tempos o governo da Venezuela vem mantendo um relacionamento tenso com a mídia, que considera em grande parte hostil e alinhada a interesses “imperialistas”.

Detenções curtas e deportações se tornaram comuns na Venezuela, especialmente de repórteres que enfrentam atrasos para conseguir permissões oficiais e procuram atalhos para fazer seu trabalho.

A questão ganhou relevo no último mês, já que Maduro enfrenta seu maior desafio político desde que substituiu Hugo Chávez seis anos atrás agora que dezenas de países estão reconhecendo seu rival Juan Guaidó como o líder legítimo do país.