Home / Notícias / Repercussão: RBA afasta repórter por falta ética política e profissional

Repercussão: RBA afasta repórter por falta ética política e profissional

O vereador Joaquim Campos atacou violentamente a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de São Paulo, em plena sessão da Câmara Municipal de Belém, hoje, usando termos de cunho sexual para desqualificar a profissional. Desrespeitou a vereadora Nazaré Lima (Psol) e os vereadores Toré Lima (PRB) e Fernando Carneiro (Psol), que protestaram contra as suas ofensas. A plenária estava sendo presidida pela vereadora Simone Kawage (PRB), 2ª vice presidente da CMB, que vergonhosamente deu guarida às palavras nojentas de Joaquim Campos.
O governador Helder Barbalho reagiu rapidamente e de maneira digna: repudiou com veemência, na condição de homem, pai, esposo e filho, e também como governante, a conduta de Joaquim Campos, salientando a falta de ética política e profissional, além da barbárie cometida pelo vereador que se intitula profissional de comunicação.
Por sua vez, o Grupo RBA, que emprega Joaquim Campos como apresentador de programas de TV há mais de uma década, divulgou nota anunciando o seu afastamento e repudiando “atitudes e manifestações ofensivas, preconceituosas e de misoginia, que venham a ferir a dignidade humana e a honra das pessoas”.

Check Also

Coronavirus: Escolas amanhecem fechadas em Brasília

Escolas e faculdades públicas e privadas amanheceram com os portões fechados nesta quinta-feira (12/3). Aderindo o decreto publicado …