Home / Polícia / Secretária é assassinada dentro da Câmara de Vereadores de Contagem MG

Secretária é assassinada dentro da Câmara de Vereadores de Contagem MG

Por: Em Notícias

Eram cerca de 9h de ontem quando o escrivão de Polícia Civil Cláudio Roberto Weichert Passos, de 41, passou pela segurança da Câmara de Vereadores de Contagem, também na Grande BH, apresentando-se como autoridade. Minutos depois, o servidor que deveria zelar pela proteção da população invadia o gabinete do vereador Jerson Braga Maia, conhecido como Caxicó, para executar a secretária Ludmila Leandra Braga, de 27, com quem já havia tido um relacionamento amoroso e a quem vinha fazendo ameaças.

No crime de ontem, segundo testemunhas, Cláudio Roberto Weichert passou pela porta principal da Câmara, mostrou a carteira em que constava o registro de escrivão da Polícia Civil e conseguiu entrar com a arma no prédio, em que não há detector de metais operando. Após tirar uma foto e cruzar a roleta, Cláudio entrou no gabinete em que Ludmila estava sozinha. A jovem levou quatro tiros de pistola calibre .40.

Depois que matou a secretaria, o policial atirou contra a cabeça e foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que o levou até a Prefeitura de Contagem, onde o helicóptero Arcanjo do Corpo de Bombeiros já aguardava para encaminhá-lo ao Hospital João XXIII, em BH. Por causa do crime, o prédio da Câmara foi evacuado e o quarteirão, isolado. O expediente foi suspenso e o presidente da Casa decretou luto por três dias. Ludmila deixa duas filhas de 3 e 5 anos.

Check Also

Polícia diz que fazenda Novo Mundo em Itupiranga, no PA, não está em processo de reforma agrária

 Delegacia de Conflitos Agrários (Deca) da Polícia Civil em Marabá, sudeste do Pará, informou nesta …