NOTÍCIAS

Avião de piloto do Pará pode ter caído na Venezuela, diz mãe

Familiares do piloto de avião Robert Santos, de 25 anos, que reside e trabalha no município de Novo Progresso, região sudoeste do Pará, acreditam que ele possa ter caído na Venezuela. O jovem está desaparecido desde o dia 24 de junho de 2022, quando decolou da vila Campos Novos, em Iracema, sul de Roraima, com destino ao país vizinho. Segundo a família dele, as buscas estão sendo feitas por conta própria em área de mata com apoio de tribos indígenas.

A mãe de Robert, Sandra Santos, 40 anos, disse à reportagem que o filho nasceu em Manaus, no Amazonas, porém veio para Novo Progresso ainda criança junto da família. O piloto trabalha com transporte de carga, sobretudo alimento e diesel, para um garimpeiro que possui dois garimpos venezuelanos. Ela contou ainda que a última localização do avião apontada pelo rastreador mostrava uma região de mata fechada na Venezuela.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo